Haverá uma última bala de prata?

As campanhas eleitorais em todos os níveis estão a (praticamente) uma semana daquele momento único da democracia em que o povo dá o seu veredicto final sobre tudo o que foi dito pelos protagonistas da disputa política – sobre si e sobre os adversários. E, claro, do que disse a imprensa sobre esses contendores.

Apesar de ser praticamente impossível encontrar um eleitor de Dilma, de Serra, de Marina ou de algum candidato nanico – ou até de ninguém – que tenha a mínima dúvida de que a revista Veja, a Folha de São Paulo, a Globo ou até o Estado de São Paulo lançarão um último “escândalo” contra Dilma no undécimo momento da campanha eleitoral, tenho lá minhas dúvidas de que isso ocorrerá.

Mesmo que nos últimos sete anos e tanto a mídia de direita e o grupo político comandado por Serra e pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso tenham se recusado a entender que através de acusações ao PT não induzirão o voto no PSDB ao ponto de levá-lo de volta ao poder, não acredito que essa grande mídia seja totalmente estúpida, como pensam muitos.

Já escrevi aqui que “Eles não rasgam dinheiro”, ou seja, que não são loucos ou idiotas completos. Pelo contrário: contam com cabeças bem mais frias do que as suas para analisarem estratégias políticas sob prismas bem mais racionais do que os usados pelos Otavinhos da imprensa golpista.

Como todos sabem, sempre mantive – e sempre manterei – interlocução com expoentes dessa “grande” imprensa que se interessem por dialogar comigo. Bem sei, portanto, a razão pela qual essa gente não desiste da estratégia de escandalizar o nada. Acham que, se não fizessem isso, seria “pior”, pois Lula teria hoje 100% de aprovação, por mais que seja uma hipótese descabida.

Desta maneira, direi a vocês uma conclusão à qual acredito que os aparatos oficial e extra-oficial de comunicação de Serra estão chegando. Seguramente, ele está sendo alertado pelos especialistas de que sua estratégia de acusar a adversária através desse seu aparato midiático foi um rotundo fracasso.

Após cerca de um mês e meio de artilharia pesada contra Dilma, de condenações peremptórias dela, do PT e do presidente Lula por grandes meios de comunicação que, concomitantemente, fizeram de tudo para transformar o belicoso Serra em vítima, a montanha pariu um rato.

Todas as pesquisas de opinião mostram o que digo. Apesar de a mídia ter abolido o princípio da margem de erro nas pesquisas, dando manchetes que dizem que Dilma teria perdido pontos sobre a soma dos adversários sem considerar que tudo se dá no âmbito da imprecisão estatística provável, foi isso o que aconteceu.

Trocando em miúdos: como as tais diminuições de vantagem de Dilma captadas pelos indefectíveis Datafolha e Ibope ficaram dentro da margem de erro estatística, é possível dizer tanto que houve essa diminuição quanto que não houve qualquer diminuição das intenções de voto da candidata do PT .

Com efeito, o noticiário vem tentando induzir a sensação de que finalmente Dilma teria sentido o golpe do bombardeio tucano-midiático mesmo que tudo não passe de especulação baseada em pesquisas que são desmentidas pelo instituto que mais tem acertado, o Vox Populi, que não detectou perda de vantagem da petista nem dentro da margem de erro.

Não foi por outra razão que o polêmico diretor do Ibope, Carlos Augusto Montenegro, deu recente declaração de que o eleitorado está tendo a “impressão” de que as acusações tucano-midiáticas contra Dilma não passam de “jogo eleitoral”.

Desta maneira, penso que o uso da surrada tática de fazer alguma acusação pesada contra Dilma quando não houver mais tempo para ela se defender na tevê e no rádio será repensada pelo candidato tucano e pelos seus Otavinhos.

Lembremo-nos, neste ponto, da teoria que embasou o prolongamento do bombardeio midiático da mídia contra Dilma, a teoria da pedra no lago, segundo a qual as denúncias levariam algum tempo para se propagar do centro “esclarecido” da opinião pública para as suas margens ignaras. Por essa teoria, deixar o ataque para a última hora seria ineficaz.

Ocorre que essa teoria foi desmoralizada (de novo), nesta campanha eleitoral. As ondas no lago, que propagariam as denúncias tucano-midiáticas, não passaram de marolinhas. O fato é que, com uma comunicação veloz como a de hoje, há dezenas e dezenas de milhões de pessoas que tomariam conhecimento, rapidamente, de qualquer acusação.

A reação indiferente do eleitorado a uma das maiores campanhas difamatórias que já se viu durante um processo eleitoral se deveu a provas que inexistiram. É justamente o setor mais informado da sociedade que logo se deu conta de que essa campanha tinha objetivos eleitoreiros exatamente como nas eleições passadas.

Foram acusações grosseiras, produto de uma crença inexplicável dos autores em uma burrice popular que este blogueiro sempre disse que inexistia.

O caso da quebra de sigilo de tucanos e da filha de Serra foi solucionado – tinha relação com o tráfico de informações que sempre existiu na Receita – e o PT não tinha nada que ver com o peixe, ainda que a mídia se recuse a admitir.

Sobre o caso Erenice, apesar de ter sido dito que o afastamento de membros do governo – inclusive da própria Erenice – provaria alguma coisa, ao mesmo tempo em que essa coalizão tucano-midiática dizia isso também dizia que a atitude correta do governo seria a de afastar os envolvidos. Só que a direita pensa que o povo é burro demais para perceber.

Se vier mais alguma bala de prata contra Dilma, portanto, terá que ser alguma coisa muito bombástica. Nas últimas semanas, aliás, surgiram diversos balões de ensaio do PSDB sobre que tipo de denúncia poderia ser feita para abalar uma decisão do eleitorado que parece cada vez mais cristalizada.

Enumeremos, pois, essas possibilidades acusatórias:

1 – Denúncia de crime, provavelmente de roubo ou de morte.

2 – Denúncia envolvendo orientação sexual e má conduta com algum parceiro

3 – Denúncia envolvendo o caráter, como um vídeo em que Dilma humilharia subalternos.

Seria muita burrice virem com apenas mais um pseudo escândalo de corrupção. A menos que tenham alguma prova irrefutável de que Dilma corrompeu ou foi corrompida. Mas será que fariam aposta em ataques desse nível sabendo que todos estão esperando por eles?

Dirão que meu conceito sobre o irrefutável é menos elástico do que o da imprensa golpista e do seu lunático candidato a presidente. Concordo. Mas Serra, de quem fatalmente será a decisão sobre a bala de prata final, parece-me um disciplinado seguidor de marqueteiros e estes já devem estar pensando em lhe dizer a verdade.

Que verdade? Essa que já disse, de que todos estão esperando pela última denúncia contra Dilma e de que ir ao pleito sem ter tentado um último golpe sujo pode ser bom para a biografia de Serra e para os votos da oposição, que a mídia já reconhece que sofrerá um duro revés na representação parlamentar.

Um governo Serra, vale dizer, seria praticamente inviável. Ele teria muita dificuldade para governar com um parlamento posto em pé-de-guerra por uma campanha eleitoral suja ao impensável. Sendo assim, declaro que o disparo de uma última bala de prata contra Dilma não está confirmado, mas tampouco está descartado.

Tags: , , , , , , , , , , , ,

111 Comentário

  1. Continuação : E pode ter certeza que a "bala-de-prata" versará sobre algo mais sensorial do que denúncias de corrupção distantes ou vazamento de informações de Imposto de Renda(que não é declarado/pago pela maior parte do país, isento por não auferir a renda mínima obrigatória). Dessa vez, os latifundiários eletrônicos, e seus miquinhos amestrados de gravata, atacarão Dilma sobre coisas mais "simples", que falem direto a toda a população : Talvez através da religiosidade ou do aborto ou ainda alguma "denúncia" sobre a participação de Dilma na resistência aos monstros torturadores e assassinos da ditadura(resistência da qual ela só participou na militância política de uma organização, nunca realizou ações armadas; embora, se o tivesse feito, seria MOTIVO DE ORGULHO para todos os brasileiros). TENHA CERTEZA, A "BALA-DE-PRATA" OCORRERÁ(PROVAVELMENTE NA SEGUNDA, PARA DILMA IR ABALADA AO "DEBATE" DA GLOBO); MAS NÓS ESTAREMOS AQUI PARA REFUTÁ-LA, APONTAR SEUS REALIZADORES E EXIGIR QUE SEJAM MANDADOS PARA A CADEIA.

  2. Prezado Eduardo: É preciso não subestimar aqueles que aprontam sujeiras.A eleição é no dia 3 de outubro.Precisamos dormir com um ôlho aberto e outro fechado para não sermos pegos de surpresa.
    Só poderemos dizer que a bala de prata não existe após as 18::00 horas do dia 3 de outubro e mesmo assim fica a pergunta : onde está o comprovante do voto do eleitor?

  3. A bala de prata hoje será, como aprendi na infância, uma DINORECA: um parto de dinossauro prá gerar uma perereca.

  4. Eduardo, eu concordo com a maioria de suas idéias e respeito o seu trabalho. Concordo também que a Imprensa exagera suas críticas contra o Governo do presidente Lula. Mas também do lado de cá temos problemas que precisam ser resolvidos. O Vampiro de Curitiba, por exemplo, está fazendo críticas graves contra o Luis Nassif e me parecem ser verossímeis. Não vi o Luis Nassif responder nada até agora. Então eu acho que não devem ser cometidos exgeros de nenhum lado, isso não leva a nada.
    PS: Acompanho sua luta pela saúde de sua filhinha e rezo sempre por ela.
    Abraços!
    Nanci

  5. Edu,

    Agora à noite passou uma inserção da Dilma afirmando que as promessas de alguns polítcos sobre aumento salarial é tão falsa quanto uma nota de 600 reais.

    Outra diz que voltar ao passado é fazer com que 14,5 milhões de pessoas percam o emprego.

    ESTA ÚLTIMA SEMANA DE CAMPANHA VAI SER PAULEIRA!!!!

    • Eu, sinceramente não acredito, pois eles desceram a lenha no Presidente o tempo todo e na Dilma de uns 60 dias para cá foi só Pauleira. O que eles conseguiram? Nada né. O Zé Serrote cada dia cai mais. Eles estão tentando encher a bola da Marina Traira, mas os pontinhos que ela está conseguindo está subtraindo do Serra. Esta Mídia tem uma coordenação. Mas, são um bando de imbeciis, pois se eles tivessem alguém que lhes dissessem: Opa, vamos mudar o discurso, vamos deixar este Serra de lado, pois o cidadão não tem futuro. Pronto, o sofrimento teria sido muito menor. Agora vejam a situação! Eles vivem mamando nas tetas do Governo e Lula pode dizer, vocês são um bando de traidores e vão morrer a mingua! Mas, ambição e desejo de mando é que levaram-nos pro buraco!

  6. A análise é bastante lógica e retrata bem a dinâmica da campanha. Só acho, porém, que se Serra fosse eleito não teria uma resistência assim tão grande do parlamento, pois certamente grande parte dos parlamentares do “time de Lula e Dilma” eleitos adeririam rapidinho ao novo rei. Essa tem sido a tradição do congresso.

  7. Caro Edu.

    Mais uma vez, obrigado pelo alento.

    Abraços.

  8. Eduardo,
    Sei não, tenho cá pra meus botões que esta repentina “ estiagem” de denúncias, esta dos dois ou três últimos dias, deve ser resultado de pressões de anunciantes. Resta lembrar que há anunciantes dos dois lados da questão. Os que são pró Dilma não devem gostar das posturas dos nossos jornalões. Como disse alguém, pesou no bolso….mas, penso que eles não desistirão. Só serão mais cuidadosos ao apontar a mira.

    • Eu tenho outra teoria. Eu acho que eles chegaram ao final. Como tentaram denegrir a imagem do Presidente nestes quase 8 anos talvez eles podem estar pensando vamos baixa a artilharia e tentar fazer um acordo. Pois, vocês podem ter uma certeza será muito ruim para eles o pós eleição. Imaginemos a seguinte situação: eles sabem que A Dilma vai ganhar mesmo, não tem Marina traira que dê jeito. Vocês já imaginaram depois do dia 04/10 como será o posicionamento da Mídia ante o Governo Lula. O Presidente simplesmente pode alegar – Amigos, amigos, inimigos, inimigos. Eles tentaram e não conseguiram, então……E a saia justa, como fica?

  9. Agradeço muito o carinho

    • Apesar de participar do MSM desde o início, somente estive com o Eduardo uma única vez, no evento no auditório da CUT no Rio de Janeiro. Não dei um abraço, mas um aperto de mão. Valeu ! Espero que o Edu possa vir mais vezes no Rio. Aí sim, darei um abraço também !

  10. Assistam a este vídeo postado no Youtube e reflitam sobre nossos formadores de opinião… http://www.youtube.com/watch?v=v9gu81t16sQ

  11. O Estadão está ficando sem tempo, declara publicamente no editorial apoio a José Serra.

  12. Edu, vc já viu o editorial do Estadão assumindo q apoia a candidatura do Serra? Acho q será o editorial de amanhã q já foi liberado na internet.

    "Com todo o peso da responsabilidade à qual nunca se subtraiu em 135 anos de lutas, o Estado apoia a candidatura de José Serra à Presidência da República, e não apenas pelos méritos do candidato, por seu currículo exemplar de homem público e pelo que ele pode representar para a recondução do País ao desenvolvimento econômico e social pautado por valores éticos. O apoio deve-se também à convicção de que o candidato Serra é o que tem melhor possibilidade de evitar um grande mal para o País."
    http://www.estadao.com.br/noticias/geral,editoria

    • Qual País que o Estadão está se referindo sujeito a um grande risco se Serra não se elejer? Certamente não o nosso Brasil – isto é obvio.

      • Não é bem um "País", é um principado. O principado de São Paulo.
        Assim mesmo, esse grande risco provavelmente diz respeito às relações entre o governo paulista e o Estadão.

  13. Se não me engano, em 2002 o Estadão fez a mesma coisa

    • to vendo agora que a Folha virá amanhã com um editorial sobre o mesmo assunto.

      o que assusta é a ameaça que este folhetim faz a Lula e Dima.

      Do Terra: Ao final do editorial, o jornal afirma que "tentativas de controle da imprensa" serão repudiadas: "Fiquem ambos advertidos, porém, de que tais bravatas somente redobram a confiança na utilidade pública do jornalismo livre. Fiquem advertidos de que tentativas de controle da imprensa serão repudiadas – e qualquer governo terá de violar cláusulas pétreas da Constituição na aventura temerária de implantá-lo". http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/notici

  14. Um importantíssimo abaixo-assinado: http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/708
    Esse abaixo-assinado começou ontem e está com cerca de 2000 assinaturas.
    O abaixo-assinado da direita já corre há quatro dias e já chegou a 40.000 assinaturas. Temos que tirar o atraso e mostrar o nosso empenho. Assinem e ajudem a divulgar, por favor.

  15. Alguém já se preoucupou em estimar o número de abstenção provocado pela obrigatoriedade de portar um documento com fotografia para poder votar.
    Isto pode ser a "bala de prata" para levar as eleições para o segundo turno.

  16. Quero cumprimentar o Estadão por finalmente ter saido do armário e por ter feito o que a Globo, a Folha e a Veja não tem coragem de fazer.

    Finalmente posso dizer aos amigos que duvidavam daquilo que me parecia tão obvio: Eu te disse, eu te disse…

    No mais podem chorar bastante porque o cotovelo está doendo muito.

  17. Lula bateu na velha midia e soprou, o cachimbo da paz foi aceso, tudo bem, mas a pancada que o Lula deu valeu
    Agora é tempo de paz, disseram Lula e Dilma
    http://www.redebrasilatual.com.br/temas/politica/

  18. Boa noite a todos.

    Dilma ganha a eleição. A sua primeira medida será .O governo federal a partir de agora só fará propagandas na tv pública e em horário disponibilizado gratuitamente. Pergunto . O governo pode fazer isso? Se pode não seria um verdadeiro tapa na cara dessa midia?

    • Não acho correto. O Estado não pertence a Lula, a Dilma ou a Serra. O critério deve ser o do interesse público. As verbas de publicidade oficial devem ser empregadas nos veículos de maior audiência, mas, também, de forma a estimular a pluralidade informativa. Aí, sim, será possível parar de investir só no PIG. Aliás, é o que Lula tem feito. No tempo de FHC, cerca de 500 veículos dividiam as verbas oficiais federais; hoje, são mais de 5 mil

  19. Todo cuidado é pouco. O Marcelo Itagiba, cão de guerra do Zé Serra, ainda não deu as caras na campanha. Ele foi o idealizador e condutor da “Operação Lunnus” que em 2002, tirou a Roseane do caminho do Zé Pedágio. É a dupla perfeita nenhum dos dois tem qualquer tipo de escrúpulo.

  20. Eduardo, não me engano; como trabalho com números, apos ler seu texto resolví me ater apenas ao titulo – Haverá uma última bala de prata? Respondo: HAVERÁ SIM, E HÁ TEMPO DE PELO MENOS UMAS 4 OU 5 E SEM DÚVIDA NENHUMA HAVERÁ UMA SEXTA, QUE CERTAMENTE SERÁ UMA BALA PERDIDA.

    E sinceramente espero que você também não se engane. NÃO ESPERE DE BESTAS HUMANAS ATITUDES RACIONAIS, POS BESTAS NÃO PENSAM.

  21. Uma perguntinha básica para meus amigos daqui: O Jornal Estadão permite que seus repórteres e jornalistas tenham posições políticas diferentes das do dono? Que aconteceria com algum que discordasse? Existe liberdade lá dentro?

  22. Eduardo, meu modesto comentário ao editorial de hoje do Estadão, onde esse jornal assume sua preferência por Serra:
    "Luiz Inácio Lula da Silva está chegando ao final de seus dois mandatos com níveis de popularidade sem precedentes, alavancados por realizações das quais ele e todos os brasileiros podem se orgulhar, tanto no prosseguimento e aceleração da ingente tarefa – iniciada nos governos de Itamar Franco e Fernando Henrique – de promover o desenvolvimento econômico, quanto na ampliação dos programas que têm permitido a incorporação de milhões de brasileiros a condições materiais de vida minimamente compatíveis com as exigências da dignidade humana." Concordo plenamente com isso. Todo o resto é blá-blá-blá de imprensa partidarizada, sim, da qual vocês são parte importante. O Brasil não pode continuar tendo informações pela metade, tendo acesso somente ao que interessa às oito famílias que detem o oligopólio informativo no país. Vocês têm um papel social e esse comportamento de atender somente a interesses privados tem de acabar, sob pena de transformarmos o Brasil numa empresa familiar, onde meia dúzia mandam e o resto obedece sem questionar. O povo brasileiro, finalmente, se libertou do jugo da burguesia midiática e vocês, queiram ou não, terão de se acostumar com isso! Viva Dilma e Lula!

  23. Eduardo, dei uma risada gostosa lendo o texto, concordando. Mas entendo que no fim de seu texto você "folheou", tal qual o texto da ficha falsa da futura presidenta. Parabéns pela sua luta cidadã!

  24. Achei muito honesto da parte de Luis Nassif publicar a

    Entrevista – Hélio Bicudo, jurista e presidente da Fundação Interamericana de Defesa dos Direitos Humanos A Gazeta
    http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/as-criti

    Quem sabe aprenderemos conviver com pessoas com posições diferentes.

  25. Agora a onda é dizer que caso a Dilma ganhe ela começará seu governo com uma mácula, sem o brilho do início de legislatura. Pode?

  26. Ainda assim tentarão. Por outro lado, FHC se contorce de inveja. Quando ele obteve, em 2002, o título de Dr. Honoris Causa pela Univ. de Oxford, a “isenta” TV Globo – que há 8 anos escamoteia todas as homenagens internacionais ao presidente Lula – fez cobertura digna de um casamento real. Para o brasileiro simples, porém observador, FHC visivelmente “inchou” quando o “mortar board” lhe foi à testa. O eterno enamorado de si mesmo, em nova entrevista, lá fora, repetiu que tudo de bom que ocorre no Brasil atual deve-se às suas iniciativas. Qual o mérito do Lula? Não ter movido uma palha para alterar os rumos que ele, FHC, traçou. É piada! Se assim o fora, a oposição GOLPISTA deveria aderir ao Lula. De tanto insinuar que o povo é burro, o narciso desvairado, com o seu riso de canto de boca, ficou a falar sozinho por aqui e é refugado pelos aliados até na propaganda na TV. A entrega que ele fez do patrimônio nacional a grupos de dentro e fora do país, ACUMPLICIADO à VELHA MÍDIA, incide na mais abjeta traição ao Brasil. A História clamará sempre contra a impunidade deste crime de lesa-pátria.

  27. Espero que tenha sobrado uma bala e que o PIG use esta bala para acertar a sua própria cabeça.

    Dia 03 de outubro votarei na Dilma, que vencerá no primeiro turno. Votarei no Mercadante, na Marta e no Netinho.

    Em São Paulo vai dar segundo turno, para o desespero do PIG.

  28. é hora de denunciar ..o assunto é grave ..O editorial do Estadão não trata de mera opinião ..aquilo é abuso de poder econômico, arbítrio, uma violência assimétrica que atenta contra a NOSSA democracia (imagine se a moda pega em outros jornalões e/ou concessões – vide BAND ?) ..cadê a parte contrária, a defesa do OFENDIDO, o debate?

    ..chega de editoriais que se valem da MORDAÇA ..Temos que continuar a lutar por um código de ética pra imprensa LIVRE ..lutar pra que tenhamos órgãos voltados a informação e não mais a deformação e/ou manipulação da opinião pública

  29. Contra as balas de prata, é bom conhecer o que pensam alguns reitores das universidades federais sobre o governo Lula

  30. Contra as balas de prata, é bom saber o que pensam alguns reitores das universidades federais sobre o governo Lula.
    Desculpe. Esqueci o link. Aí vai. http://www.uftm.edu.br/noticias/ler/codigo/3808/

  31. Gente, acho que a "bala de prata" tá saindo é pelo blog tribuna da imprensa.

    • http://www.viomundo.com.br/tv/urna-eletronica-cai

      HACKERS, FRAUDE, DADOS ADULERADOS….. E L E I Ç Ã O
      .
      .
      O voto pode e deve sim ser impresso mas não para o eleitor levar para a casa e o "coroné" conferir. O voto deve ser impresso para conferência, sendo depósitado imediatamente e impresso em uma urna convencional (sem identificação do eleitor, só do voto) para conferência da urna (não do eleitor!) em caso de suspeita de FRAUDE eletrônica !!!
      .
      .
      Por que será que sempre que compramos alguma coisa com cartão de débito ou crédito sai um papelzinho?
      .
      .
      É para AUDITORIA em caso de pane eletrônica ou FRAUDE. Tão comum hoje em dia pelos famosos HACKERS.
      .
      .
      Um papel dá pra conferir, um "byte" adulterado não.
      .
      .
      Defender a não possibilidade de conferência é coisa orquestrada de quem pretende dar o golpe na vontade popular pela fraude eletronica na votação.
      .
      .
      Medo de conferência? Quem não deve não teme !
      .
      .
      A quem interessa um sistema que não se pode garantir em caso de fraude? Ao povo é que não é…
      .
      .

  32. Eles poderiam plantar uma mala de dinheiro sujo na bagagem de DILMA. Não, ese golpe está muito manjado. Talvez derrubar um avião com trezentas pessoas abordo. Mas esse também já está manjado. O medo que dá é eles forjarem um vídeo mostrando DILMA recebendo dinheiro de algum empreiteiro. Até ser desmontada a farsa, a eleição já foi. A propósito, meu voto será (independente de qualquer golpe sujo): senador 1ª vaga: Wilson Santiago nº 151 (PMDB/PB); senador 2ª vaga: Vital do Rego Filho nº 155 (ambos pra derrotar o coronelão Efraim Morais do demo e o tucano Casse-o "ficha rasurada" Cunha Lima; Governador: Zé 15 e Presidente DILMA 13.

  33. Eu acho que o PIG e a campanha do Serra vão usar sim sua última "bala de prata" contra a candidata Dilma.

    – Sobre a "bala de prata" do consórcio oposicionista demo/tucano/pig, tenho 4 hipóteses:

    1.- Vão tentar fazer alguma denúncia sobre o passado político de militante de esquerda da Dilma durante a ditadura militar, com gente morta ou ferida;

    2. Vão tentar atacar a vida pessoal e a honra da candidata Dilma com alguma armação;

    3.- Inventarão algum "escandalo bomba" na tentativa de envolver alguma ação da Dilma no Ministério das Energias ou na Casa Civil.

    4.- A direita inventará um "atentado" grave contra algum bem público, com mortos ou feridos e o PIG atribuirá a culpa do suposto atentado ao PT ou algum militante do PT. Esse acidente com a "blusa" no Metrô paulistano dia 21 de setembro foi muito estranho, pareceu a preparação de alguma coisa.

  34. Eduardo, veja o que encontrei no blog do streck, postado em 27.09.2010:

    "" Bomba

    Por telefone de Brasília contaram-me que está para explodir uma bomba no próximo fim de semana, mas bomba arrasa quarteirão. Ouvi detalhes e acho forte demais para ser verdade.""

    Clique:

  35. de última hora.

    a oposição vai pro tudo ou nada.

    e leva menos que nada.

    ..

    dia quatro de outubro. o mais tardar em novembro. depois do segundo turno. pra não atrapalhar a vitória de mercadante..

    a gente pode discutir a lavagem de dinheiro denunciada.. com provas.. por amaury ribeiro jr.

    verônica. filha-sócia de serra.

    e verônica. irmã-sócia de dantas.

    sócias no crime. lavagem de dinheiro.

    ..

  36. Creio que sim. A Veja vai trazer nesse final de semana uma capa com Marina Silva. Na mesma revista uma reportagem informando que um grande saco de dinheiro foi encontrato no terceiro andar do palácio do Planalto, E vai mostrar a fotografia que o Delegado Bruno vai permitir que se fotografe.

Trackbacks

  1. Tweets that mention Haverá uma última bala de prata? | Blog da Cidadania -- Topsy.com
  2. nxradio webradio | musica & arte & design & mundo & pessoas & momentos » As ondas no lago não passaram de marolinhas

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.