Diáspora na Cracolândia é filha da especulação imobiliária

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

publicado originalmente em 9 de janeiro de 2012 às 23:00

Quem não vive na capital paulista e vê as notícias sobre a revoada de almas esquecidas que ainda resistem nos bairros de Campos Elíseos e Luz, onde a Caixa de Pandora da Cracolândia paulistana vem sendo aberta após décadas de descaso, talvez não entenda por que os governos do Estado e da cidade de São Paulo adotaram medida tão impressionantemente desastrada.

A ação que espalhou pela maior cidade sul-americana uma legião de verdadeiros mortos-vivos vai formando mini guetos na porta de cada um dos que acharam que poderiam deixar aquele desastre social crescer sem jamais serem afetados.

A diáspora de viciados que as forças policiais sob comando do governador e do prefeito de São Paulo provocaram gerou o que a imprensa vem chamando de “procissão do crack”. Como a operação se limitou a espantar aquelas pessoas da Cracolândia, a PM está tendo que escoltar pelas ruas da cidade grupos de até cem pessoas cada.

As regiões que estão recebendo aqueles que vão sendo tratados como dejetos humanos, reclamam. Segundo o jornal Estado de São Paulo, moradora da outra cidade, do outro país, do outro mundo contíguo ao gueto da loucura reclamou de que “Antes, eles ficavam escondidos. Agora, ninguém tem sossego” E pediu que as autoridades encontrem “algum lugar para levá-los”.

Eis o que acontece com São Paulo. Essa é a mentalidade de uma parcela enorme da sociedade paulista. Os favorecidos pela sorte querem simplesmente ignorar os dramas sociais que uma governança voltada exclusivamente para os mais ricos gerou.

Agora, essa parcela majoritária dos paulistas que mantém há quase vinte anos no controle do Estado e da capital políticos como José Serra, Geraldo Alckmin e Gilberto Kassab vão percebendo que se deixam seus concidadãos se transformarem nos seres apavorantes que as imagens da Cracolândia mostram, poderão ter que recebê-los a domicílio em algum momento.

Os setores da sociedade paulistana que apoiaram que as autoridades locais deixassem o inferno florescer naquela parte da cidade já estão se perguntando sobre o propósito de uma ação policial que invade um gueto como a Cracolândia somente para espantar dali pessoas com graves problemas mentais que tendem a cometer roubos e até atos de violência sem pensar duas vezes.

Aqueles que trataram a política paulista e paulistana como disputa de futebol entre palmeirenses e corintianos, ao começarem a sentir o que a irresponsabilidade social pode gerar talvez tenham interesse em entender por que os governos estadual e municipal parecem apenas querer tirar daquela região aqueles que ameaçam a si e a todos.

Se quem nunca quis entender agora quiser, eu conto: é a especulação imobiliária, estúpido. O Bairro da Nova Luz é a nova negociata que esse grupo político que seqüestrou São Paulo está preparando.

No vídeo abaixo, você conhecerá a luta de Paula Ribas (jornalista e fundadora da Associação Amo a Luz), Simone Gatti (arquiteta e urbanista) e Raquel Rolnik (urbanista, professora e relatora especial da ONU para o direito à moradia) e entenderá por que as autoridades paulista e paulistana expulsaram da Cracolândia aquelas almas esquecidas.

Tags: , , , , ,

117 Comentário

  1. Crânio a Raquel, o preconceito contra estas pessoas que precisam de assistencia médico-social.
    Aproveito a deixa para divulgar esta seleção de links sobre o assunto cotas sociais x cotas raciais

    http://blogln.ning.com/profiles/blogs/coment-rio-ao-post-cotistas-se-d-o-bem-na-sua-maior-prova-a?xg_source=activity

  2. Só para lembrar: 30 dos 31 subprefeitos de SP são coronéis da PM. Estamos vivendo uma situação de administração militar combinada com uma especulação imobiliária monstruosa, que não leva em conta necessidades sociais, tampouco lençol freático ou trânsito.

    O prefeito da maior cidade brasileira está com os bens bloqueados na Justiça por suspeita de fraude de centenas de milhões num programa da prefeitura (Controlar). O grão tucano João Faustino está preso no Rio Grande do Norte por fraude semelhante.

    Kassab é uma mentira criada por Serra.

    • Assim como Pita foi a mentira criada por Maluf. Até quando…… ACORDAAAAAAAA paulistada

    • Seu comentário é excelente, mas Kassab não é uma mentira. Ele é a mais pura verdade. Ele é a criatura, legado do ex-prefeito, ex-governador, ex-futuro presidente. Kassab não é ex. Nem exceção da regra. Ele é o que as classes que dominam essa cidade mais gostam; exclusão, preconceito, elitismo, truculência contra os mais fracos, e muita ganância.

    • Sr. Roberto Locatelli,

      Não imaginava que a situação fosse essa! Estamos realmente sob intervenção militar! Os subprefeitos, grandes responsáveis pela execução de projetos de impacto direto nas nossas vidas foram formados na mesma polícia que “prendia e arrebentava” ainda há pouco. Essa é uma situação muito grave que precisa vir a público.

      Muito Obrigado!

  3. Caro Eduardo
    Alguém acredita na sensibidade social de Alckmin?! De graça ele não fez aquilo. É puro interesse financeiro.A campanha foi finacianda pelos que agora cobram e a mídia disfarça.A direitaiada quer mais.
    Saudações

  4. Incendio nas favelas, expulsão dos doentes da cracolandia= especulação imobiliária.
    O prefeito e governador de são paulo estão limpando a area nos mesmos moldes de Hitler.

  5. Essa falta de sensibilidade social nos remete aos gregos antigos que inventaram a política e a democracia. Política, que vem de polis (estado ou sociedade), democracia , que significa poder (kratos) do povo (demos). Isso também nos remete à palavra latina urbes, de onde deriva urbanismo. Urbanidade também. Urbanidade, que significa respeito aos cidadãos. Isso nos remete a um tempo em que a cidade significava a comunidade dos cidadãos cujo fim era o bem viver em sociedade. Vivemos num tempo em que a política, cujo objetivo é o bem comum, ou o interesse público, é esquecida em nome do interesse econômico, ou privado. Quando a política é exercida sob a lógica do mercado, a história de vida das pessoas não são levadas em consideração. Tampouco elas mesmas. Um projeto urbanista como esse, que é estrutural, segundo o prefeito de SP, e não um projeto social, é a prova de que Kassab pelo menos foi honesto quando disse que seu partido, o PSD, não é um partido de direita nem de esquerda. Um partido sem ideologia política no sentido autêntico da palavra política, certamente. Deste modo, inaugura-se em SP o modelo de democracia sem povo, porque é excludente, e de cidadãos sem direitos respeitados, porque não há urbanidade por parte do poder público. Ainda podemos chamar isso de política? De democracia real, certamente que não.

    • Excelentes palavras! A defasagem social na articulação entre administração pública e construção de cidade atinge escalas visíveis dada tal situação. A cidade pouco a pouco deixa de ser território chave para a urbanidade e torna-se um tabuleiro de banco imobiliário.

    • Suas palavras são muito boas, mas todos sabemos que essa utopia de discussão nunca existiu (de verdade) nem aqui, nem em qualquer outro lugar do mundo.. O interesse de uma minoria sempre sobreporá o interesse da maioria, seja pelo fator econômico, politico, militar, intelectual e etc. O que a maioria pode fazer é justamente o que o vídeo mostra, se unir para debater para conseguir algum pequeno direito sobre a nova mudança.

      Falando sobre o debate..

      Será que tem que existir toda essa revolta social(internet hoje em dia) sobre o governo? não falo para consentir, mas quero lembrar que , ser anti-governo é moda, é mais legal falar mal do governo e só criticar qualquer ação do mesmo (não acho invalido, só acho inútil socialmente) do que sugerir outros métodos e meios para resolver problemas sociais.
      Aposto com qualquer um que a maioria das pessoas que criticam não teriam a capacidade de resolver o problema de forma melhor…

      A unica coisa que todos podem reclamar é da Corrupção, pois essa não tem solução no curto prazo.. O Brasileiro em geral não vê o país como parte da sua vida. Tudo por causa do seu preconceito idiota que tem do Estado.. A Cultura de Bunda do Brasil, do jeitinho brasileiro, da malandragem, do espertão faz com que rejeite a corrupção superficialmente, mas na verdade aceita pois sabe que se tivessa la, muito provavelmente faria o mesmo.

      Só torço para que sejam feitos investimentos pesados em Educação, pois essa é a única solução para o Brasil mudar o jeito de pensar.

      • É impressionante que em um blog com mais de mil palavras a palavra Educação só foi citada uma vez. Parabéns Rodrigo. Concordo com você quando diz que a Educação é a única solução (pelo menos para as crianças).

        • Educação até isso esta dificíl hoje em dia ainda mais no Brasil, fico imaginando o Governo poderia muito bem ajudar essas pessoas se tratarem estão fazendo tudo isso na Cracolândia mais sabe por que Copa do Mundo de 2014 esta ai eles não querem fazer feio, mais se todos parar pra pensar sabe por que eles não tomam atitudes corretas por o que o Trafico também da lucro no Brasil afinal o recurso que mais dá dinheiro hoje são as drogas.

      • Rodrigo e Daniel,

        Quanto à educação…Saber que tipo de educação queremos ou NÃO queremos, é primordial.
        E acho que a classe dominante hoje tem uma educação que NÃO contribui para o avanço do país rumo a um projeto de cidadania.
        Temos que ter cuidado pra não nos convertermos todos em “tontos educados”, porque nem sempre a educação que recebemos nos abre ao pensamento crítico e criador.
        “Falta de educação” não pode ser argumento final de debate, muito pelo contrário, é só o começo.

  6. HAHAHAHAH …ANDAM FALANDO POR AÍ
    que Kassab+Alckmin não sabiam da operação ..huáhiáhuá
    Ou seja, dois bagres resolveram realizar sozinhos uma operação tão importante ..hehehe
    E se desse certo? O mérito seria de quem? dos 2 bagrinhos
    Deu errado:
    Kassab+Alckmin não sabiam da operação
    PIOR:
    tem gente que acredita!!!!

    • Não, é sério: tem gente que ao menos diz que acredita. A próxima eleição definirá se continuo morando em São Paulo

      • Rapaz, se você, a voz dos cidadãos lúcidos de Sampa, abandonar a cidade, temo que aí a vaca paulistana vai para o brejo de vêz.
        Mas, Edu, tudo está caminhahdo para que o Haddad se eleja, devido principalmnete aos tucanos estarem batendo cabeça.
        De qualquer forma se der tudo errado, e o PT paulista adora entregar o ouro ao bandido, se escolher o Rio para morar, o receberemos de braços abertos

  7. Assim é que a DIREITALHA combate a POBREZA:matando os POBRES.

  8. Morre o fundador da Apae, Antonio dos Santos Clemente Filho
    Enviado por luisnassif, seg, 09/01/2012 – 11:06

    Da Folha de S. Paulo

    ANTONIO DOS SANTOS CLEMENTE FILHO (1920-2012)

    Dr. Clemente, médico e fundador da Apae

    ESTÊVÃO BERTONI
    DE SÃO PAULO

    Por ser médico, Antonio dos Santos Clemente Filho percebeu rapidamente que seu segundo filho, Zeca, nascera com síndrome de Down.

    No começo, não sabia como dizer à mulher, Jolinda, a Jô, e proibiu que lhe contassem, com medo de sua reação. Ela só foi descobrir após levá-lo ao neurologista.

    “Em 1961, quando o meu filho tinha 13 anos, fundei a Apae (Associação dos Pais e Amigos do Excepcional). Nosso objetivo era sair das mãos de um sem-número de ignorantes”, Jô escreveu nesta Folha, em 2006. Antonio, conhecido como dr. Clemente, engajou-se na luta da mulher.

    Foi o impulso médico na criação da Apae, conta o filho Cássio, diretor-presidente da associação. Os outros 11 fundadores eram todos leigos.

    Paulistano, filho de uma professora e um comerciante português, formou-se pela USP em 1945 e se especializou em raio-X. Lecionou na Escola Paulista de Medicina.

    Em 1954, fundou com um sócio a URP Diagnósticos Médicos, pioneira em diagnósticos por imagens. Foi vendida para o laboratório Fleury.

    Duas vezes presidente da Apae, ajudou ainda a criar as federações paulista, nacional e internacional das Apaes.

    Aposentou-se em 2000. Há alguns anos, passou a sofrer de Alzheimer. Jô, 85, sua companheira desde 1947, afastou-se da Apae para cuidar dele.

    Aos filhos ensinou que duas palavras movem a humanidade: “obrigado” e “por favor”, lembra Cássio. Era culto e adorava viajar de navio.

    Zeca morreu em 2001, aos 52. Dr. Clemente morreu ontem, aos 91, de insuficiência respiratória. Deixa três filhos, nove netos e cinco bisnetos

    • Lastimável a morte de Antonio. Agradeço a ele eaos que deram continuidade a Apae. Nunca precisei da APAE, mas, na medida do possível colaborei porque tal projeto de tamanha envergadura não pode morrer. Diferente do projeto de Alckimin e Kassab. É um sentimento de tristeza e repulsa. Tristeza de que nossa cidade perdeu uma grande figura e repulsa por ter um ser tão despresível como o prefeito.

  9. Note, é a mesma receita das privatizações, eles deixam acabar com tudo, não fazem pela infra estrutura, manutenção em ultimo caso, policiamento, piada né, a quantos tempo aqueles viciados estão se degradando.
    Veja como são as coisas, por medo, é eles também tem medo, mas não igual ao nossos medos, o medo deles é de perder a boquinha, e essa boquinha parece ser gorda.
    Sabemos a pouco que o governo federal esta para implantar o programa de auxilio na recuperação dos viciados, mas, eles sabiam antes e saíram com esse golpe pra cima dos paulistanos, “limpar a cracolândia”, mas na verdade a arapuca estava armada a muito, se o governo federal quiser cuidar desses zumbis, que procurem-nos onde estiverem, pois eles não estão nem ai pra isso, o que eles querem é dar o próximo passo, é só esperar pra ver.
    Não se iludam, é visto a olhos nus, eles não se importam com minguem que não conseguem lhes dar dinheiro, muito dinheiro!
    Espero que com esses movimentos, eles tenham dado outro tiro no pé.
    O certo é que o tempo esta se esgotando e eles tem que fazer o negócio andar, por isso essa exposição toda, vamos ver mais pela frente, espere e veras!

    • Toda a estrutura estatal está jogada às traças. Procurem na parte ambiental. A CETESB está sendo sistematicamente desmantelada e transformada em um cartório de processos ambientais sem nenhum conhecimento que permita uma análise ambiental. E é impressionante como ninguém questiona que a CETESB seja uma empresa mista com participação das empresas que ela própria fiscaliza. SP é uma vergonha.

  10. Edu, eu, definitivamente, não entendo!!!!
    O Lula, em sua visão, não colocou o Brasil na rota do desenvolvimento, da distribuição de renda, do enriquecimento, e tal?
    Tá reclamando, por que, da especulação imobiliária?
    Ou ela não é só uma consequência da mágica que o Moluscão fez, no Brasil?

    • Sério, reflita um pouco. Não é possível que seja incapaz de refletir. Eu, sinceramente, fico mortificado. Você se preocupa apenas em contestar. Se não tenta nem ao menos entender, não há o que discutir. Tenho muitos leitores, muitos comentários, Twitter, Facebook. E tenho que trabalhar. Não dá pra ficar perdendo tempo com quem só vem aqui pra atirar pedras. Investiria tempo em um debate racional, mas seu comentário é desanimador. Discutir o quê, nesses termos?

      • Esse rapaz deve ter problema mental,

      • Retificando: esse rapaz deve ter problema cognitivo.

        • Valeu, pelo rapaz.

          • A Especulação imobiliária não é o problema, o problema é a pessoa que tem poderes para fazer alterações mercadológicas modificar valores de imóveis a seu favor. o mesmo conceito de Informação privilegiada (Google it).

            A pergunta é, será que o Kassab está fazendo isso somente para por dinheiro no bolso, ou existe um fator de re-estruturação do Bairro da Luz/Nova Luz e região? (Ou ambos?)

            PS. O Lula não fez nada do que você falou, usando uma metáfora: ele caiu de paraquedas em uma onda que ja estava sendo pega pelo Brasil, e surfou ela… (detalhe mais importante) ele surfou mal ela, não caiu, mas surfou mal.

    • Decio, é compreensível que vc não entenda … seu comentário reflete seu grau de consciência… ou de uma ameba, ou de um canalha …

      • Na internet você quase nunca conhece a maturidade das outras pessoas. Pode ser que ele tenha 12 anos (nãoa credito que seja o caso)..

        Comentários “Trollers” como o seu é que fazem debates on-line virarem uma verdadeira palhaçada.. se você acha que o outro está zoando, simplesmente ignore.. não tem porque dar uma opinião ofensiva como você fez. .

      • ok, todos comentam a ação. mas o que todos nos fazemos enquanto os mortos-vivos que precisam de assistencia medica e social ficavam esquecidos na região da Luz? alguem tem uma alternativa viável, para debater ao inves de so criticar a ação da PM/PMSP? isso é chover no molhado. qual a solução/açao que deveria ser tomada? algume se habilita? e oGoverno Federal fez algo em prol do auxilio aos adictos? ou so deixou correr frouxo?
        em tempo: acho que tudo o que foi colocado em relação a especulação imobiliaria é real, mas como resolver a questão.
        So criticar não adianta e por favor: se linkis que levam a outros links. Comentem por aqui. Todos são coniventes com a existencia da cracolandia seja inclusive, por omissão…..

        • Concordo que não dá para isentar muita gente não. Começando pelo eleitor. Por vezes tenho certa dificuldade em fazer distinção entre eleitos e eleitores. “Quem representa quem”. Há um certo romantismo quando se fala “do povo” , mas na história desse país não tem “santo”. Há uma proximidade entre o comportamento do “povo” e dos que ele elege.

          Óbvio que entre a ignorância e a safadeza , tendo a ser menos crítico com o primeiro.

  11. POLÍCIA “PREPARADA” DO GOVERNO PAULISTA

    http://www.youtube.com/watch?v=iNAolrMSioU&feature=player_embedded

    PM agride aluno na USP 09/01/2012

    Assistam: é inacreditável a falta de tato da PM!

    O cara saca uma arma automática para o aluno durante uma conversa!!!

    • Se você viu o vídeo da reportagem da cracolandia o próprio policial diz, PM não foi preparada para lidar com problemas sociais – que é o caso da USP – foi treinada para lidar com bandido.

      E ca entre nós, mesmo com o policial errado, o completo desrespeito de alguns dos estudantes do vídeo também não os fazem nem um pouco melhor que o policial (visto que eles são estudantes de graduação, e o policial muito provavelmente não teve essa oportunidade)

  12. Sr. Eduardo,

    Primeiramente, desejo um ótimo 2012 para o sr. e seus leitores.

    Concordo com o sr. que a expulsão dos viciados da Cracolândia tenha como pano de fundo a revitalização daquela área.

    Contudo, ao contrário do sr., acho que isso é salutar, pois pode ser o início do resgate de uma região que, por ter sido abandonada, virou refúgio para viciados e respectivos traficantes.

    Obviamente que a questão não é tão simples: ninguém de boa-fé acredita que simplesmente retirar os viciados da região lhes afastará totalmente do vício; porém não retirá-los e não coibir o consumo e drogas no local ajuda em que? Quem sabe se com fim do macabro local para consumo de droga os viciados procurem suas famílias de volta?

    Por fim , o sr. deveria tratar com mesma veemência os governos do estado e cidade do Rio de Janeiro,ou o sr. acha que a instalação das UPP’s na zona sul do Rio com a posterior urbanização das favelas e regularização dos terrenos também não tem como objetivo a especulação imobiliária?

    Outro exemplo: no Rio morrem váras pessas por dia vítimas das enchentes e desabamentos decorrentes das chuvas. Por qual razão aqui só se trata do tema quando envolve São Paulo?

    • Porque para criticar o que há de ruim no Rio há a mídia, mas para criticar o que há de ruim em São Paulo não há nenhum grande meio de comunicação. As notícias são escassas e quando saem, ficam escondidas. Além disso, a operação no Rio é um sucesso. Em SP, é um desastre. A prova disso é que aquelas pessoas totalmente descontroladas que agridem qualquer um para conseguir dinheiro para comprar drogas estão se espalhando pela cidade. Só alguém que não tenha a menor noção do que é adicção ao crack pode achar que por terem sido expulsos a botinada da Cracolândia os viciados vão simplesmente abandonar o vício. Chega a ser cômico

      • Qual o primeio passo, então, para acabar com a Cracolândia?

        • Tem que fazer o que fizeram no Rio

          • Deixe de ser desonesto.
            A especulação imobiliária foi a razão maior da ocupação dos morros do Rio.

          • É verdade, o Rio também não é um bom exemplo, infelizmente. No Brasil fazemos de conta que as coisas efetivamente funcionam.

      • MANDOU BEM. EM RESUMO DISSE TUDO EM POUCAS PALAVRAS E BEM EXPLICADO EDU.

      • Depois, você não sabe porque eu sou sempre do contra!
        Como, para criticar o Rio tem a mídia!!!…que mídia, se a chefe do PIG, de acordo com vocês, é carioca?
        Essa sua colocação é absolutamente desonesta.
        Você não é honesto, nem com o povo paulista, não é honesto com os paulistanos e sua crítica à nossa escolha pelo governo do PSDB é desequilibrada, ressentida e míope.
        No dia em que você parar de nos julgar, raciocinando com o fígado, quem sabe, em possa vir a ser um seu admirador.

        • Décio, não é questão de bairrismo se a mídia critica ou não critica as ações de governo de São Paulo ou Rio. É questão de partidarismo mesmo, ou seja, de qual partido o governante faz parte. Como São Paulo – estado e capital – estão nas mãos de PSDB e DEM, de oposição ao governo federal, logo, estão protegidos pela mídia. No Rio o partido do governador e do prefeito é aliado ao partido do governo federal, logo, recebem as críticas mais diversas. Você até tem sorte de ter votado no PSDB, pois seus políticos aparecem sempre bem enquadrados pelas lentes da Globo. O Edu tem razão nas críticas que faz ao PSDB que, por tabela, acaba atingindo seus eleitores – entre eles, você – e, sendo ou não sendo essa a intenção dele, quero dizer que eu penso exatamente isso: que o paulistano (da classe média) é o povo mais reacionário, mais conservador e mais arrogante do Brasil. O voto que vocês depositam no PSDB/DEM é absolutamente coerente com o que vocês pensam.

          • Pois é Fernando, e tem outra coisa que demonstra de forma inequívoca que o que o sr.Décio falou não tem cabimento.
            Quando Brizola foi governador do Rio, a Globo arquinimiga dele, falava mal do Rio 24 hs por dia, dia sim dia também. O mesmo se deu em relação ao Estadão e a Folha quando a Marta era prefeita de Sampa.
            Depois ele fala que é o Edu que pensa com o fígado.
            Sr.Décio, achar que está tudo certo com Sampa quando os governantes promovem “procissões do crack” é o que?
            Para mim é pensar com o fígado, e fígado com cirrose, ainda por cima. Acorda rapaz!

          • So queria dizer que concordo plenamente com a seguinte passagem, que o paulistano (da classe média) é o povo mais reacionário, mais conservador e (pior) mais arrogante do Brasil. Nao todos, mas a massa critica como um todo sim, e a cada discussao que vejo na Internet a respeito da atuacao do Governo e da Policia fica facil observar varios paulistanos saudosistas da Ditadura!!

      • Melhor que se espalhe mesmo, joguem a merda no ventilador e que vá parar lá em Higienópolis, na porta do FHC e do Jô Soares. Em que bairro elegante a Raquel mora, não me lembro, mas que vá parar na porta dela também. Ou vocês acham que só moram viciados em crack na região da Santa Ifigênia? Por décadas o local foi área de exclusão do poder público e da polícia, não se via policiais nas ruas, a limpeza pública era precária, a iluminação pública deficiente e mesmo assim, ou por gostar do lugar, ou por não ter opção melhor, muitas pessoas persistiram e persistem no local.
        Porque essa merda toda na minha porta e não espalhado por toda a cidade? E digo literalmente, porque os viciados defecam e urinam na rua, quem anda a pé tem que suportar o mal cheiro e desviar dos excrementos.
        Prefiro a diáspora sim. Quero que o mal cheiro chegue nas narinas das pessoas de bom gosto, das bem instruídas, das politizadas, aí poderem dizer que é um problema social.
        Até ontem era um problema de que morava ou transitava pela região, que foi estrategicamente esquecida até valer aquilo que o consórcio Nova Luz acha que deve pagar por ela. Mudaram até seu nome, “Cracolândia” é a invenção para se esquecerem que o bairro chama-se Santa Ifigênia, que além de santa era negra, e que é conhecida como defensora dos movimentos de moradia.
        Eu mora na Santa Ifigênia, escolhi morar aqui, gosto daqui e o que acho absurdo é a polícia ter demorado tanto.

        • Boa FernandoF, deu voz às pessoas de bem que vivem em Santa Ifigênia (por falta de opção mesmo) e que tinham que conviver com os “nóias” como se aquilo fosse a coisa mais normal do mundo. Quero ver ignorarem esse problema social quando a Cracolândia se espalhar por São Paulo como tem acontecido, quando a violência e o trafico bateram na porta da elite.

    • Infelizmente a mídia não publica nada de ruim que ocorra em São Paulo – ela possui um candidato a presidência e garanto: não é do PT, do PMDB, do PDT ou do PSB e outros que compõem a base aliada que elegeu Lula e Dilma. As enchentes continuam acontecendo em todo estado de SP e na capital, mas só é mostrado na TV quando o governo é do PT ou aliados. Me dá nojo como tratam a questão das UPPs no Rio de Janeiro. Quem não conhece a realidade carioca e fluminense pode falar besteira, mas a Globo? Não. As UPPs tem sido um sucesso acompanhadas pela intervenção social do Estado com escola, postos de saúde, de polícia, etc. Querer comparar o povo trabalhador e favelado com os drogados da cracolândia é absurdo. Agora, sugerir uma intervenção estatal responsável, cuidadosa, eficaz como foram as UPPs no Rio de Janeiro aí, sim. Eduardo tem razão: se não fosse a especulação imobiliária por trás, aquele povo abandonado na Luz continuaria ali.
      Querer que esse povo alienado pela droga seja comparado a qualquer ser saudável é desumano. Eles deveriam ser observados, acolhidos e tratados de forma profissional e ética! Afinal são seres humanos e, por mais doentes, marginalizados e destruídos em suas almas, merecem respeito!

  13. 2011: Alckmin suspende construção do metrô em Higienópolis pra evitar “gente diferenciada” lá, atendendo pedidos da massa cheirosa.

    2012: Alckmin manda a PM na Cracolândia expulsando a “gente diferenciada” de lá para, entre outros bairros, Higienópolis, atendendo pedidos dos especuladores imobiliários.

  14. É um desastre atrás do outro. E a maioria dos paulistas, “informada” pela imprensa de programa, não se dá conta disso.

    E ainda se acham esclarecidos. Os nordestinos é que são manipulados.

    Falando nisso, eu sempre achava que os “menos letrados” fossem os mais facilmente manipuláveis. Ledo engano.

    A burguesia – nem tanto os burgueses propriamente ditos, mas sobretudo os burguesóides (aqueles probetões – geralmente assalariados – que acham podre de chique ler a Veja) paga pra ser manipulada.

    Quebram a cara a todo momento – e botam a culpa no PT.

  15. INACREDITÁVEL! Assisti menos de 9 minutos do vídeo. Não precisa mais!
    Mas isto SÓ acontece devido ao nosso modelo de organização de poder.

    Enquanto nós, sociedade civil des-organizada, aceitarmos ser apenas joguetes nas mãos dos políticos, dos grupos econômicos poderosos, do judiciário mais espúrio do mundo, seremos sempre espectadores. Eles comandam.
    Temos que mudar nossa organização de poder. A sociedade tem que se impor, de verdade. Não só nas eleições, da maneira como eles gostam. O dia em que cargo político, tribunais, deixarem de ter tanto poder quanto tem hoje no Brasil, aí quero ver.
    É como nos condomínios. Só se resolvem 90% dos problemas, quando se contratam administradores profissionais, não moradores.
    Essa nossa democracia é balela. MAS AINDA É A MELHOR QUE TEMOS. TEMOS QUE MODERNIZÁ-LA!!!!
    O resto é política.

  16. É assustador o desserviço que o psdb ( aliado ao PiG, porque senão, como diz o PHA, a tucanagem não passava de Resende) presta a São Paulo e a seus habitantes, exceção feita aos ricos, logicamente,pq é para eles que São Paulo existe, o resto não interessa, como as favelas, os professores, os alunos da Usp, a cracolândia, a população mais carente, etc. É um desgoverno, como pode essa turma ficar quase 20 anos dirigindo um estado e piorando-o a cada vergonhosa administração? Mas essa aliança PiG-psdb pode colocar as barbas de molho pq a batata deles está assando faz tempo, vide a eleição do presidente Lula em 2002. Nalguma eleição a casa deles cai, quem sabe nas duas próximas? É o tal negócio, dá pra enganar a muitos durante um tempão, mas não dá pra enganar a turma toda o tempo inteiro.

  17. Prezado Eduardo Guimarães, a Esposa (dona-de-casa) de Empresário beneficiado por Mensalão do DEM de Brasília, que foi filmado pela PF entregando dinheiro de propina, faz doação de R$ 8,25 milhões para campanha de 2010 do PSDB.

    http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/

    Para quem quiser, por conta própria, consultar os doadores e fornecedores de campanha de Comite, vá ao endereço

    http://spce2010.tse.jus.br/spceweb.consulta.receitasdespesas2010/abrirTelaReceitasCandidato.action

    lá, marque “Comitê Financeiro/Direção Partidária” e aperte “Localizar Doador”. Coloque na janela, que vai se abrir, o número do CPF do doador, e quando aparecer o nome do doador clique no mesmo. Só assim se consegue inserir dados do doador na janela principal.

  18. Uma coisa é certa: o governador Alckmin me parece bastante diferente do ex-governador Serra. Por mais que tenha errado, acredito que Alckmin tem chance de rever o que fez. Serra me parece absolutamente insensível.

    Em tempo, há algum tempo, vi uma notícia na Folha de SP sobre parentes da esposa de Alckmin que estariam com problemas na justiça. Ocorreu-me a idéia: a FSP poderia estar pressionando o governador por algum motivo?

    • Luiza:

      Boa definição da diferença entre Alckmin e o Coiso.
      Com certeza, Alckmin é um ser humano, capaz de erros e acertos.

  19. Por onde andas a Senhora Ministra dos Direitos Humanos, em? Cadê essa Senhora? Onde está a sua indignação, em? Engraçado, depois que o medíocre Jobim pediu demiissão a Ministra saiu de cena. Hoje (09/01/2012) um policial sem identificação agrediu UM ALUNO NEGRO dentro da USP. É uma violência desmedida contra o povo espoliado. O chocante de tudo isso é que a nossa querida PRESIDENTA FOI PRESA E TORTURADA POR UM REGIME FASCISTA. Hoje Ela (Dilma) fala pelos cotovelos mas recua diante dos mandantes de seus torturadores. Estou perdendo a esperança nesse país.

    • “…um policial sem identificação agrediu UM ALUNO NEGRO dentro da USP…”

      E você vai logo cobrando providências da Ministra e da Presidenta, ambas do PT.

      Primeiro você deveria cobrar providências daqueles que deveriam controlar (e não desmandar) a polícia e a universidade paulistas. Estes é que têm a obrigação 1ª de atender aos seus reclamos.

      Mas eu já entendi: como você já sabe de antemão que os (ir)responsáveis diretos não estão “nem ai”, vai logo caindo de pau em cima da Ministra e da Presidenta.

  20. Mais ENERGIA elétrica-Suporte para crescimento econômico,distribuição de renda e geração de empregos :

    Especiais

    ——————————————————————————–

    Servtec e Rio Bravo investem em eólica na Ibiapaba

    Publicado em 09/01/2012 – 4:14 por Egídio Serpa | 1 Comentário

    Mais 01 Parque eólico para o Ceará

    Fruto da sociedade da Servtec Engenharia, controlada por Lauro Fiúza, com o Banco Rio Bravo, liderado pelo economista Gustavo Franco, a empresa Bons Ventos da Serra construirá em Ibiapiba, na Serra da Ibiapaba, um parque eólico cujo projeto prevê duas fases.

    Na primeira, 12 torres de 2 MW, que gerarão 24 MW.

    Na fase seguinte, está prevista a ampliação da potência instalada para até 400 MW.

    O investimento da primeira fase será de R$ 90 milhões.

    A Serra da Ibiapaba, onde a medição dos ventos revelou muito boas condições para a geração de energia eólica, é o segundo sítio do Ceará a atrair a atenção dos investidores.

    O primeiro é o Litoral, onde se localizam todos os atuais parques em operação no Estado.

  21. Mais ENERGIA EÓLICA:

    Energia eólica: Brasil é atraente

    Publicado em 09/01/2012 – 3:58 por Egídio Serpa | Comentar

    Categorias: Energia

    Segundo a Ernst & Young, gigante multinacional da área de consultoria, o Brasil é um dos países mais atrativos do mundo para investimento em energias renováveis.

    A consultoria destaca, ainda, que, hoje, o Brasil é o nono do mundo em energia eólica, mas logo estará entre os primeiros.

    • Acredito que o potencial do Brasil seja mais pelas hidrelétricas do que as eólicas , mas por aqui não pode fazer uma barragem que já tem gente reclamando, vamos ter que ser obrigados a gastar mais dinheiro público em cataventos no Nordeste (onde tem muita corrupção – ou seja mais dinheiro ainda) do que poder vender energia para toda a America latina.

  22. Esse desejo de se apoderar dessa região é antigo; me lembro de uma reportagem no caderno 2 do estadão nos meados do anos 80 na qual falavam em transformar a região em centro de empresas de informatica, tinha até um desenho de um predio monstruoso que quase tomava a região toda.

  23. Juntamente com a especulação imobiliária, há também o objetivo de contrapor ao plano de combate ao crack do governo federal, baseado numa política humanista e científica de combate à droga, outra “versão”, de característica proto-fascista(bem a cara do PSDB e dos paulistas que o elegem há 20 anos), que seria vendida como a “forma dura e eficiente” de resolver-se o problema. Aí está a prova da “eficiência” da extrema-direita tucana : violaram barbaramente direitos humanos elementares, ao provocar crise de abstinência em centenas de viciados, acreditando burramente que isso os levaria a procurar tratamento, e o que obtiveram foi uma legião de zumbis vagando pela cidade, em condições sub-humanas, e com a gravidade de porem em risco as suas vidas e as de inocentes, pois, todos sabem que o dependente químico em crise de abstinência entra em tal estado de desespero que jamais poderá compreender as verdadeiras causas de seu problema e procurar ajuda, enquanto estiver sentindo os efeitos da interrupção brusca do consumo da droga, conseguindo apenas nessas condições praticar os atos mais extremos, incluindo-se a violência, para satisfazer seu vício. Aliás, só os nazistas do PSDB fingem ignorar esse fato, que é uma constatação científica, e tratam os miseráveis da cracolância com toda a desumanidade com que os conservadores sempre trataram todos os segmentos pobres e marginalizados da sociedade. Tanto é verdade que os viciados ricos, aqueles que consomem cocaínas nos Jardins e em Higienópolis, sequer são incomodados por Alckmin e Kassab. Mais uma vez, seus conterrâneos pagam pela secular bestialização política dos paulistas, que insistem em manter-se como a âncora reacionária a tentar sem sucesso atrapalhar o desenvolvimento do Brasil. E de novo cabe à minoria não retardada de São Paulo mobilizar-se com vigor, usando todas as forças para obter um pouco de conciência política nessa terra onde vocês infelizmente vivem.

  24. Muito obrigado pela difuçao do nosso documentario sobre o proceso de gentrificaçao no Bairro da Luz. Temos tudo o projeto em http://www.lefthandrotation.com/museodesplazados/ficha_luz.htm

  25. É, como sempre, o pessoal de esquerda “descendo o verbo” no Estado, criticando e lógico, não fazendo nada. Tendo o Estado motivos intrínsecos ou não, esta atitude já se faz necessária a muito tempo. Agora, claro, sempre tem alguém para criticar e reclamar das atitudes.
    Não sou a favor do Estado em agir desta forma, visto que, a cada dia mais as ações vindas do Estado sempre tem um interesse Político por trás.
    Porém, não há outra forma de tratar este tipo de pessoas, vulgo vagabundos ! Já vi INÚMERAS vezes a Prefeitura colocá-los em ônibus e levá-los para locais de recuperação. Mas não adianta. Eles voltam ! As vezes, penso até que animais são mais inteligentes que estes vagabundos !

    “A Polícia aqui no Brasil é boa. O grande problema disso tudo, é a porcaria dos Direitos Humanos para bandidos e vagabundos.”

    Ao pessoalzinho de esquerda que não concorda com a atitude do Estado, adote um viciado e leve para dentro de sua casa. Quero ver realmente se você quer fazer o bem para estas pessoas ou quer MAIS UMA VEZ, ficar defendendo suas idéias de forma egoística disfarçada de “Cidadania”.

    Hipocrisia deveria ser crime também !

    • Se hipocrisia fosse crime, fascistinhas como você já estariam na cadeia a tempos.

      • Primeiramente, Renato Lopes, vá saber primeiro o que é Fascismo para depois tentar julgar minhas palavras.

        E em segundo lugar, antes mesmo de entrar em qualquer discussão, apresente sua Ideologia muito bem fundamentada para que assim, você possa entrar em uma discussão ao mesmo nível.

        Esquerdista maconheiros que adoram criticar o Estado sem estar fundamento tem aos montes. A USP que o diga. E o pior de tudo, é o Estado que eles tanto criticam que sustenta eles.

        Defendo as Ideologias do Livre Mercado da Escola Austríaca de Economia, cuja qual prega a NÃO EXISTÊNCIA do Estado. Portanto, pense antes de escrever, se não, vira mais um papagaio no meio da multidão.

        Tenho formação em Ciências Políticas, Filosia Econômica, Economia e Sociologia.

        Quer continua a discutir ?

        • Sei muito bem o que é fascismo: é uma ideologia de extrema-direita, ultranacionalista, baseada em um estado policial que reprime qualquer discordância política, reivindicação social ou qualquer manifestação legítima anti-governo do povo com força bruta, utilizando-se de instituições como a polícia e as Forças Armadas. Bem parecido com o que você expôs no seu comentário, ao louvar a polícia e vir com esse papinho reaça de “direitos humanos são pra bandidos e vagabundos”.

          Ambos os seus comentários partem de típicos lugares-comuns da direita hidrofóbica, como “tá com dó, leva o viciado pra casa!” e “esses esquerdistas são todos vagabundos financiados pelo Estado”. Isso eu relevo, porque nem adianta discutir com esse nível primário de argumentação, mais baseado em opiniões pessoais baseadas em nada do que fatos concretos. Agora, ver você chamar o Eduardo de egoísta… Vindo de uma pessoa que considera seres humanos doentes como animais a serem enjaulados, é simplesmente tragicômico.

          Defensor da escola austríaca de Hayek? A mesma que foi completamente desmoralizada com a crise de 2008? A mesma que, depois de anos latindo contra o Estado, não perdeu tempo em aceitar dele os trilhões que foram usados pra salvar os bancos? A mesma que pregou por décadas a total desregulamentação financeira que resultou no caos econômico que o mundo hoje se encontra? Você é contra a existência do Estado, mas adora os seus órgãos de repressão como a polícia, né? E ainda chama os outros de hipócritas.

          E ainda termina o argumento citando todos os 1001 cursos acadêmicos que prestou, como se isso desse um caráter irrevogável às suas teorias. Só lamento que, mesmo após tantos cursos (?), continue com essa argumentação digna de uma criança.

          • Apoio a não existência do Estado. Mas, como a realidade é outra, o mínimo que é exigível, é que ele cumpra sua função social perante o povo promovendo o bem-estar social (utópico).

            As vezes, o poder coercitivo se faz necessário para que este bem-estar social seja no mínimo almejado.
            E que também fique muito bem claro, antes o você venha com pré-julgamentos e confunda os fatos mais uma vez, apoio sim manifestações e quaisquer movimentos contra Governos desde que os motivos sejam plausíveis e não ridículos.

            Defendo a atitude da Polícia de firme e não agressiva para as pessoas que não contribuem em absolutamente nada à sociedade. Digo, Economicamente, culturalmente, financeiramente e socialmente. Estes, meu caro, não agregam valor. E muito pelo contrário, apenas geram gastos que eu tenho que pagar e você também.

            Sou defensor da Escola Austríaca de Economia defendida pelo Ludwig Heinrich Edler von Mises. Este mesmo que prega sobre os Ciclos Econômicos e que já havia previsto inúmeras crises financeiras Globais. Este mesmo que é contra os cartéis financeiros entre bancos e governos. Este que prevê a quebra do câmbio mundial entre muitos outros eventos.

            Pesquise sobre e entenderá o que eu digo. Não exijo que aceite seu fundamentos. Apenas entenda.

            E por favor, digno de uma criança ? É cômico ler isso ! Realmente esta sua crítica pessoal para comigo é um tanto lamentável. Irei me retirar.

        • Renato Lopes
          Talvez seja perda de tempo discutir com discípulos de Goebbels, mas valeu a pena a sua resposta, pois ela foi inteligente, pontual e “na lata”.
          Quanto à diáspora da cracolândia, tenho vergonha alheia do reacionarismo do povo paulista ao votar em candidatos elististas e conservadores e aplaudir ações desastradas como essa.
          Ação criticada até pela promotoria de SP:

          “10 de janeiro de 2012 às 18:02

          PROMOTORIA CONSIDERA “DESASTROSA” AÇÃO NA CRACOLÂNDIA E ABRE INQUÉRITO

          Ministério Público diz que operação ocorreu de maneira adiantada e sem articulação entre a PM e as secretarias

          Fernanda Simas, iG São Paulo “

          • Pois é, Milton. O cara chega basicamente chamando todos de hipócritas e egoístas, e depois sai posando de vítima. Dá pra entender?

  26. Lamentável.

    E qual será o trabalho da mídia? Não trabalhar, isto é, não divulgar – isso sim, vai dar trabalho, principalmente depois de não trabalhar/divulgar o fenômeno de vendas do livro A Privataria Tucana.

    Realmente, as cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo são, cada uma a seu jeito, amostras grátis do inferno na terra.

    O que não podemos é dizer que seus mandatários não foram eleitos democraticamente, sob pena de perdermos toda a nossa legitimidade para, a partir daí, dizer qualquer coisa.

    Sim. Nas últimas duas décadas o paulistano, com o título de leitor numa mão e a carteira de identidade na outra, caminhou livre e tranquilamente, com passos medidos e passadas exatas, em direção às urnas de votação onde deu o seu votinho naquele que no momento encarnava a materialização de suas mais puras aspirações. O carioca, idem.

    Então, que as reclamações, que são legítimas, sejam também esclarecedoras, indo ao cerne da questão, onde realmente reside a espoleta adormecida que tem o poder de mudar tudo o que está onde não devia.

    Abraços.

  27. E agora, José?
    A festa acabou,
    a “luz” apagou,
    o “povo sumiu”,
    a noite esfriou,…

  28. Infelizmente essa realidade não é exclusividade de São Paulo, muito menos das administrações citadas, ao contrário do que pretende o autor do texto. Há alguns anos Brasília está repleta de dependentes do crack. Todas as quadras comerciais têm gente deitada sob cobertores ou papelões. E NINGUÉM FAZ NADA NA CAPITAL FEDERAL. Ou seja, a “coisa” é muito pior.

  29. Isso é política de Incendiário. Pra Nero só falta o fogo. Absurdo

  30. Fui a São Paulo três vezes. Andei pelo centro, fui ao Brás, a cantinas italianas, ao Museu de Imagem e Som, ao Museu de Adoniran Barbosa, ao teatro e ao cinema, à USP. Essas pessoas do vídeo são fantásticas, a Rolnik já conhecia de muitos textos e para mim São Paulo é isso. São pessoas incríveis, algumas já se foram, mas deixaram suas obras, a cultura está por toda parte, incluindo a cultura popular com sua coragem e atos de resistência. Só não entendo uma coisa, como essas criaturas políticas tão nefastas conseguem tantos votos? O quê pode explicar isso? Dá até vontade de criar uma comissão de eleitores aposentados itinerantes. Já não existem os prefeitos itinerantes? Nós, os eleitores itinerantes, vamos viver por um tempo em locais que precisam de reforço de voto popular, mas tudo dentro da lei. Depois a gente muda de novo. Já mudei sete vezes depois que me aposentei (por enquanto na mesma cidade) e transferi meu título para cá. Então, o plano é mudar de cidade. Bom, até que gostaria. Falando sério, apenas uma pergunta. Se Kassab está com problemas na justiça e com seus bens embargados, como ele pode assinar contratos de venda? Pode?

  31. Acho o fim da picada esse bando de pseudo-socialista defendendo aquela bandalheira que habita a Cracolândia. Ao contrário do que vcs dizem, eu não sou a “burguesia paulistana” e apoio sim que esse bando de zumbis, que ao contrário de mim, não agregam nada à sociedade, seja evacuada do local, de SP, do mundo, se preciso.
    Diariamente, pego 1 ônibus, 1 trem e metrô e preciso andar por volta de 6 quarteirões fora da minha rota, por conta desses malditos drogados, que insistem em assaltar trabalhadores, atacar mulheres, ofender todo e qualquer cidadão que por ali ouse passar. O meu caminho diário ao trabalho ao centro é um martírio, mas, imagine, eles são uns coitados e doentes e eu é que sou culpada.

    Larguem os seus Blackberrys, Iphones, Ipads, saiam de suas casas de classe média alta e enfrentem o mundo como eu faço todos os dias para conseguir ser alguém e vejam se vocês não acharão maravilhoso que sumam com a escória de SP. Aqui é lugar para quem quer ser alguém na vida, independente das adversidades! Eu quero que eles se lasquem. Tô preocupada é com as mulheres que correm risco de ataques sexuais, trabalhadores de serem vítimas de violência e roubos. Tá com pena? Leva uma tranqueira dessas pra sua casa, como bem disse o nosso amigo aí atrás.

    Sou suburbana sim, faço uma faculdade não reconhecida pq é a única q posso pagar, moro na Zona Leste, sou parda e passo longe, bem longe, da elite paulistana. E quero mais é que a polícia desça o sarrafo nesses caras.

    • Sua revolta interior é compreensível, contudo o poder público agindo da forma como agiu (espanador de crackeiro) ao invés de algum forista aqui do blog levar de brinde um nóia para casa como vc pragueja, há grandes chances de vc dar bom dia à alguns na porta da sua casa aì na zona leste logo de manhã e curtir o fds com alguns deles…….ehehehe

      Ou acredita que o pessoal de higipa(higienópolis) vão deixá-los permancer por ali?

      Resumo da òpera-bufa:

      CONSTRUTORAS GANHAM, POLÍTICOS GANHAM E A SOCIEDADE SE LASCA.

      A ação do poder público deve acontecer mas com o olho sobre o tabuleiro inteiro e não apenas devorando peões.

      ;)

      • Amigo, pelo jeito vc não conhece a ZL…drogado na porta da minha casa?? Não, é dentro mesmo. Fora tem vizinho que é estuprador e td mundo sabe, mas ng denuncia e td q é tipo de “coitados e doentes” q não têm nada a perder.
        Por mim tinha é que passar fogo em td mundo, para que nem eu e nem vc tenhamos que sustentá-los em alguma clínica psiquiátrica. Acho que esses zumbis não têm que estar na porta da casa de ninguém. Gente decente não tem q ser obrigada a conviver com esse lixo humano. Fácil meter o pau no pessoal de Higienópolis q está revoltado. Queria ver se fosse com vocês!
        Tente conviver com essa escória, ser assaltada e vc começaRá a pensar como eu.

        • Até o dia em que essa “escória” for alguém da sua família, tipo um filho ou sobrinho… Aí quero ver vc manter esse discurso.

    • Mariana vc não entende que o fato de vc ter que se deslocar para estudar e trabalhar decorre do modo como as políticas públicas trataram a cidade. Do fato de vc ter que pagar faculdade vir de uma política da exclusão que vê como impossível e absurdo aluno negro na Usp e ofato de vc ser roubada naquele espaço da própria falta de vontade, ou seria vontade, de tratar os usuários de drogas da região, já que a desvalorização da região central da cidade favoreceria a especulação imobiliária. acredito que ninguém aqui defende a permanência daquelas pessoas em condições sub-humanas na região, mas sim o tratamento adequado, uma ação policial adequada, uma cidade justa em que os bens e serviços cheguem em todos os pontos da mesma. ou vai dizer que não há na cidade lugares tão ou mais tenebrosos do que se convencionou chamar cracolândia.
      Espero que repense sua posição e entenda que seu futuro também é determinado por suas escolhas, em que somos todos afetados.

  32. Somente uma emenda: a suposição de que o pessoal expulso da Luz vai sair roubando todo mundo que encontrar pela frente é bem preconceituosa. O fulano fumar crack e se deixar morrer, fedendo, na rua não é sinônimo de fulano que rouba para fumar. Embora haja alguns que roubem para fumar.

    • Um detalhe: o crack comprovadamente torna o indivíduo violento e a abstinência, ainda mais. Os casos de roubo e até de latrocínio causados por viciados em crack só fazem crescer e são muitos

    • Cara Patrícia, o viciado se tiver que escolher entre se deixar morrer e te matar, adivinhe qual será a escolha?? Eu APOSTO que você nunca passou nem perto do local. Eu fui assaltada 17 x em 2 anos. Pimenta…..é refresco.

  33. Todos os dias vemos a cidade morrer aos poucos.
    Morrer para o urbanismo que só existe quando a especulação imobiliária aprova e vai revertar dinheiro para os mesmos. Falta planejamento quase sempre e quando há em em benefício de poucos usando o dinheiro de todos;
    Morrer para as necessidades sociais da população;
    Morrer para a saúde e assistência social e principalmente a
    Morte da honestidade.
    São questões que devem ser revistas e acompanhadas pela população para podermos reagir em prol de uma vida melhor para todos porque esconder os problemas e varrer o lixo para debaixo do tapete não traz soluções.
    Acorda São Paulo!!!

  34. Concordo com a Raquel: “a Caixa de Pandora da Cracolândia paulistana vem sendo aberta após décadas de descaso”. Descaso de Serra, de Marta Suplicy, de Pitta e Maluf, de Luiza Erundina, de Janio e Covas, enfim… da DIREITA e da ESQUERDA! Todos os que fazem ou fizeram parte desses governos municipais têm sua parcela de culpa pela situação a que chegou esse pedaço da “maior cidade sul-americana”.

    • Lineu não queira fazer um ‘balaio de gatos’ juntando todos ex-prefeitos paulistanos e fazer o nivelamento de responsabilidades essa não cola.

      É nítido que o ‘pai’ dessa criança é o PSDB. Responsável direto pela falha dolosa na esfera estadual, que concerne à fraca política de segurança pública preventiva(PM) e repressiva(Civil) implementada na região. Qual intere$$e?

      Na esfera municipal o ‘jestor’ Serrágio deu continuidade ao oculto plano de revitalização imobiliária na região quando abandonou seu mandato pela metade e na ‘jestão’ e meia do Kassapa seu pupilo.

      Só que em ritmo de final de feira a ‘jestão’ do Kassapa vai se concluindo sem um sucessor de renome capaz de emplacar no próximo pleito e alguns tucanos colocando os pés pelas mãos na tentativa de atropelar o Kassapa antes da abertura do centro de tratamento da rua prates(nessa estou igual são thomé) fizeram essa trapalhada toda achando que irião asfixiar o tráfico de crack na região da luz, na base da bala de borracha, cassetete e gás pimenta, ou como eles preferem dizer ‘abstinência e dor’ o que levaria o nóia a procurar ajuda voluntariamente…..que piada.

      A PM ainda nos brinda com o gran finale desse espetáculo dantesco, tendo de escoltar centenas de nóias sem-rumo, do nada para o lugar nenhum, com direito de opinião como a da senhora que disse que o poder público tem de arrumar um lugar para essa gente(no melhor estilo longe da minha porta) cenas essas que certamente aparecerão nas campanhas para prefeito no final do ano, afinal a PM não sabe o que fazer com esse ‘abacaxi’.

      Agora após o recesso o MP vem para dizer que entre mortos e feridos salvaram-se todos e estudará a possibilidade de pedir o final dessa atabalhoada operação.

      Como filho feio não tem pai, o responsável pelo START foi de autoria do 2º Escalão da PM…….ehehehehe

  35. Adorei, achei demais este video. Gostei muito das meninas também, a Raquel eu ja conhcia e dela ouvi algumas palestras fantasticas. Simpatia. : )

    Aproveito e envio que fiz das ocupações.

    http://www.marcioramosfoto.com.br/luz/?cat=60

    Vida Longa!

  36. Desculpe, as ocupações do centro aqui.

    http://www.marcioramosfoto.com.br/luz/?cat=60

  37. Alguém se torna dependente do crack ou da cocaína por prescrição médica? Sinceramente…cada um procura o seu próprio caminho se for o das drogas, assim como o procurou sozinho tem que assumir suas responsabilidades. Faltam recursos para hospitais, creches, escolas… mas agora o pessoal quer que seja despejado um monte de recursos na recuperação de pessoas que de livre e espontânea vontade entraram nessa vida. Eles não são coitados, não são vítimas, procuraram esse caminho e agora que encontrem por si uma saída.

    • Exatamente Marcelo. O meu irmão mais novo teve a mesma criação que todos os filhos, mas decidiu, mesmo após ver como todos os amigos viciados em crack terminaram, entrar para esse mundo, para desespero e vergonha da minha família composta de trabalhadores.
      Alguém obrigou ele a isso? Ele foi forçado? Não. Sabia onde ia dar? Sim.
      Após vender todas as roupas dos irmãos, abrir as portas de casa para os “amigos” fazerem a rapa, roubar todo o dinheiro dos meus pais, o meu, dos meus irmãos, ele foi colocado para fora de casa, após diversas tentativas de tratamento, inclusive em clínicas particulares, que o patrão do meu pai insistiu em interná-lo. Ele aceitou ajuda? nunca. Ainda, o infeliz engravidou umas 4 ou 5 viciadas como ele.

      Em 2009 ele foi preso por latrocínio.Merece perdão? Não. Sabia o que estava fazendo? Tenho certeza q sim, mas essa gente se acha superior.

      Por mim e pela minha família, ele vai apodrecer na cadeia. Nunca recebeu uma visita e nem vai receber. Você acha que ele se arrependeu? Te garanto que não, ainda conta, cheio de orgulho para os amigos presidiários o seu feito.

      É por isso que eu sempre digo: pimenta no dos outros é refresco. Reze para não trombar com um vampiro desses pela frente.

      Quer saber? Antes eles do que eu.

  38. A causa do mal, é a exclusão social . Não são minhas palavras, estava pichado em barraco da favela da Av. Berrini, que foi desocupada pela especulação imobiliária. O Brookiln é a região hoje que mais sofre com assaltos seguidos de assassinato. Os responsáveis pela administração e ordem deste estado, estão construindo outra gerra civil, como a do Rio de Janeiro..

  39. Durante anos, a prefeitura de São Paulo, encheu peruas e ônibus de pessoas de rua, e despejou aqui em Santos, que chegou ao ponto da prefeitura daqui pegar peruas para levar de volta esse povo, ou fazer bloqueios que não permitiam a entrada dessas peruas na cidade. O centro de Santos tbém está uma cracolândia, graças a nescessidade dos paulistanos se livrarem desse “povo indesejável”. Passar o problema a outro não é resolver, espero que não tentem novamente se livrar desse pessoal mandando pra cá.

  40. Me parece muito claro que a preocupação das pessoas no video é tambem perder o apartamento.
    A propriedade esta em jogo.
    Muitos moradores antigos não se mudaram da Luz pois não tem recursos.
    Não é agora que perceberam que tambem são de baixa renda! Não é possivel.

    Muito apropriado, perceber que o bairro sangra só na hora que o proprio sapato aperta.

    A culpa da situação não é de partido politico nenhum, e sim da demagogia e do descaso de todo mundo.
    Inclusive das pessoas no video.

    Aposto que são partidarios do PT, afinal não falam sobre a degradação em massa causada na região pela prefeita Erundina e que continuou em administrações futuras.

    Eu que tambem ja votei PT, sei que nisso o partido cagou! Porem a responsabilidade não é somente do PT, sei disso e sim de todos.

    É facil agir agora, pois podem perder a casa, mas por que não agiram desde 1989, quando comecou a Cracolandia? Por que na epoca em que comecou a ocupação pelos camelos ninguem se mobilizou?

    Por que não tentaram ajudar as pessoas no começo dos anos 90, quando a pobreza absoluta tomou passou a tomar conta do lugar?

    Comerciantes e moradores da região viram tudo degradando e não mobilizaram a sociedade contra o mal que atinge as pessoas chamado DESCASO . Ali tem gente morrendo todos os dias… o problema não é derrubar tudo, afinal ta tudo um lixo mesmo, que derrube tudo o que os moradores não podem cuidar.

    O problema são o que vão fazer com as pessoas, ok. Se não tem dinheiro e não pode mudar pra um lugar melhor, melhor desapropriar, então e ir morar em uma região afastada do centro.

    E senão tem dinheiro que mude mesmo para uma area mais afastada. O centro tem que melhorar, sim.

    Muitas pessoas são a favor de demolir tudo e construir um bairro novo e eu sou uma delas.

    Os sem teto quer casa… ok so não precisa ser nos Jardins ou em Higienopolis, ne!!!!

    Sobre o doente usuario, poe esse povo em clinicas cuida deles. Porem cuida a longo prazo, ne!!
    Tem que ter trabalho e casa… mas não precisa ser no so centro!!!
    Manda um pouco pra cada bairro, mandar os pobres pra Moema, Pacembu, Butantã.

    Assim vai, vamos demolir tudo, construir predios chiques e incriveis, quem tiver dinheiro fica e quem não tem, vai morar em outra frequesia.
    E por que não mudar toda essa gente do video pra freguesia do Ò?

    • Kassabinho em Pessoa voce.. essa eh a democracia Tucana, Democracia da Grana, se tem fica, nao tem vai pra Longe do cartao postal..

      Olha o nome do Bairro citado: Higienopolis.. explica bem o conceito novamente implementado: Higienizacao Social da regiao.. Varrer a “sujeira” pra baixo do tapete.. pra bem longe do tapete da sua casa.. mas nao acaba com o Problema.

      • Felipe, voce esta sendo reducionista. o que todos NÂO fizemos para que a situação ficasse assim? a crsacolandia existia no governo da marta e da erundina também. é sim, culpar de todos os partidos….

  41. A eleição é a mentira da democracia, e a democracia há tempos está divorciada do capitalismo. Por isso a solução de superação está na auto-determinação e auto-realização dos trabalhadores e população organizada, não mais em políticos profissionais com campanhas financiadas pelos setores industrial, financeiro e imobiliário.

    Problemas estruturais requerem soluções estruturais. É preciso defender a autogestão produtiva e territorial de trabalhadores e população organizada – TODO PODER AOS TRABALHADORES E AO POVO!

    Emancipação política com alma social! Reconciliação humana em busca de uma humanidade socializada, pela superação da sociedade de classes e do capital! Pois a socialização promovida pela relação social do capital provoca segregação sócioespacial, separação entre as classes sociais, fragmentação da realidade e do urbano, desigualdades sociais profundas, e uma desumanização pela coisificação das relações sociais!

    A cracolandia não é apenas um problema social, mas um problema da humanidade – que somos nós, portanto, de todos nós, e este tipo de atitude não resolve o problema, apenas tenta escondê-lo e expulsá-lo da área que o mercado imobiliário definiu como novo vetor de valorização.

    É preciso mobilização dos setores progressistas e da classe dos trabalhadores para debater e encontrar possibilidades de superação que se contraponha a esse grupelho que tomou de assalta a cidade e tenta impor seus interesses de classe!

  42. Muito bem dita estas palavras:

    “””A culpa da situação não é de partido politico nenhum, e sim da demagogia e do descaso de todo mundo.
    Inclusive das pessoas no video.

    Aposto que são partidarios do PT, afinal não falam sobre a degradação em massa causada na região pela prefeita Erundina e que continuou em administrações futuras.

    Eu que tambem ja votei PT, sei que nisso o partido cagou! Porem a responsabilidade não é somente do PT, sei disso e sim de todos.

    É facil agir agora, pois podem perder a casa, mas por que não agiram desde 1989, quando comecou a Cracolandia? Por que na epoca em que comecou a ocupação pelos camelos ninguem se mobilizou?

    Por que não tentaram ajudar as pessoas no começo dos anos 90, quando a pobreza absoluta passou a tomar conta do lugar?””””

    Ja sabemos de quem é a culpa.

    Agora cabe ao governo atual limpar tudo sozinho e ainda resolver o problema social que existe a 4 decadas!

    Facil muito facil criticar o PSDB, levantar as malas e ir morar na zona lesta e entender que baixa renda é baixa renda mesmo, por isso que a gente luta tanto, pra deixar de ser baixa renda.

    Especulação imobiliaria SIM, e dai? Voces não querem progresso? Capitalismo selvagem ôôôôôô?

    A gente estuda e se mata de trabalhar pra que?
    Pra ter conforto sim… chega de hipocrisia!

    Se tem dinheiro, compra uma casa melhor em um bairro melhor SIM, e por que não?!
    Qual o problema em poder prosperar e ir morar em bairro nobre de São Paulo.

    Povo invejoso, povo cego, povo burro que está sim é condenando o futuro de uma area por uma questão de desgraça financeira pessoal. O seu Lula, não te ajudou o suficiente ainda? NUNCA VAI EXISTIR IGUALDADE SOCIAL!!! Por que nos somos capitalista, a gente gosta de dinheiro e consumo.

    Eu desejo poder morar em um bairro bom por isso estudo e muito… agora, o cara pode ficar sem fazer nada e ainda querer um apto de frente pra Praça da Republica? faça o favor de entrender que optamos por uma sociedade que SIM divida as pessoas pelo sua conta bancária e é por isso que voce e eu trabalhamos e muito. Para ter mais conforto.

    Quem quer ficar nessa vida miseravel? ninguiem… infelizmente teve gente que nasceu assim e não consegue ,mudar a realidade, por causa da nossa mentalidade classista que forma governos corruptos pois NOS somos corruptiveis SIM.

    Essas pessoas do video, nenhuma deles, quer ir pegar as malas e ir morar la no Capão Redondo quer?
    Por que não mudar para uma região mais longe e deixar o centro de São Paulo ser resgatado?

    Eu sou a favor do projeto Nova Luz, sou a favor da especulação imobiliaria sim, afinal precisamos de progresso pelo amor de Deus.

    Quer mudar a realidade de alguem, então comece voce mesmo a deixar de ser hipocrita e diga SIM eu quero ter dinheiro e viver em um lugar melhor.

  43. Cadê o vídeo? Sumiu!

  44. Link para o video (não encontrei no texto):
    http://vimeo.com/32513151

  45. A República e o “Sistema Único de Acesso Legal à Terra” inventado para dar garantia a “Ditadura do Metro Quadrado” plenos poderes a especulações imobiliário em todos Municípios do Brasil. Os Cartórios em todo o século passado deu fé Publica as transações de terra. Em um processo de Hereditariedade. Hoje a Cidade Comum fora do mercado é ilegal e a “Cidade Mercado” domina todo o território com o Poder Público Na cidade de Curitiba tem inúmeras Reintegração de Posse de Ruas e de calçadas Cumpridas com todas as violências de praxes de todo os despejos forçados do Brasil. Moradores de Ruas estão sendo despejados das Ruas. “Barbaros”.

  46. DEGRADAÇÃO URBANÍSTICA PLANEJADA: É muito suspeito o tal do adiantamento da operação policial contra os dependentes do crack, já que a data é a mesma em que a prefeitura espera licitar a concessão urbanística da Nova Luz para os agentes imobiliários lucrar com terrenos por valores irrisórios. Se haverá qualquer atendimento em março aos dependentes na amplitude necessária, veremos na data. De fato, tal ação médica, assistencial e policial deveria ter sido feita desde que começou o problema de drogas no centro há uns 20 anos – e de forma continuada. Da mesma forma que existe a obsolescência planejada da vida útil de algumas linhas de produtos, nasce em São Paulo a nefasta Degradação Urbanística Planejada praticada pelos políticos em prol da especulação imobiliária e em detrimento aos direitos à propriedade e ao trabalho. A dispersão dos dependentes de crack para a porta das casas e dos negócios nos bairros próximos significa a próxima etapa da degradação urbanística planejada que se desenvolve em São Paulo, através da omissão das administrações? Logo teremos novas concessões urbanísticas justificadas em sanar novas cracolândias – a exemplo do projeto Nova Luz? Logo teremos novas concessões urbanísticas para desapropriar outros bairros para os agentes imobiliários continuar a maximizar seus lucros? O paulistano de outros bairros que equivocadamente festeja o projeto Nova Luz também terá, logo, logo, sua casa e seu trabalho desapropriados; e, aí, entenderá, talvez tarde demais, a necessidade de barrar as ações de Kassab e de Police Neto já. Paulistano, temos que clamar em uníssono os malfeitos deste executivo e deste Legislativo paulistanos que só agem em favor do mercado imobiliário, em detrimento dos direitos de toda a população da cidade.
    Suely Mandelbaum, urbanista

  47. A Cracolândia da Luz foi o lugar mais sinistro que conheci em toda a minha vida!! Muito triste!

Trackbacks

  1. Diáspora na Cracolândia é filha da especulação imobiliária, por Eduardo Guimarães : DAR – Desentorpecendo A Razão
  2. Projeto Nova Luz « CAHIS UNIFESP
  3. 70. Nova Luz
  4. Para entender a Cracolândia em São Paulo | Ativando Neurônios
  5. luz! « embrulhos esquizofrênicos e outras cólicas alucinantes.
  6. Não se esqueça: estamos falando de gente « Jornotações
  7. Para entender os “concretoscos”: Gentrificação « Porto Alegre RESISTE!

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.