Alckmin e a mídia mentem sem parar sobre o Pinheirinho

Buzz This
Post to Google Buzz
Bookmark this on Delicious
Bookmark this on Digg
Share on FriendFeed
Share on Facebook
Share on LinkedIn

É de revolver o estômago a torrente de mentiras e distorções com que o governador Geraldo Alckmin e a mídia que o protege esbofeteiam a sociedade. Mentem para o tucano se eximir de suas responsabilidades. Mentem descaradamente, compulsivamente.

Televisões, rádios, jornais e revistas tentam transformar em criminosos os trabalhadores do Pinheirinho e suas famílias noticiando atos de vandalismo que poderiam ocorrer em qualquer comunidade submetida ao choque que sofreram.

Experimentem desalojar moradores dos Jardins paulistanos e verão quantos saqueadores e ladrões aparecerão. Mas como a população do Pinheirinho é pobre e quase sempre negra, noticiam ações isoladas como se fossem coletivas.

E as notícias de apreensão de drogas que tentam transformar todos os moradores do Pinheirinho em traficantes? Mesmo que não tenham sido plantadas, se derem uma batida ainda nos Jardins paulistanos provavelmente encontrarão não só maior quantidade de droga, mas maior variedade.

Alckmin mente compulsivamente ao tentar se eximir da responsabilidade pela ação criminosa da polícia que comanda quando tenta empurrá-la para a Justiça estadual.

O comandante da Polícia Militar de qualquer Estado é o seu governador. Alckmin, se estivesse bem-intencionado, poderia ter usado o conflito de instâncias da Justiça como desculpa para postergar a operação de reintegração de posse. Míseras 24 horas teriam sido suficientes.

O governador paulista também mente quando diz que o governo federal nada fez para interromper a reintegração de posse do Pinheirinho. As liminares concedidas contra ela foram pedidas pela Advocacia Geral da União e representantes do governo federal há muito tentam negociar com a prefeitura tucana de São José dos Campos.

O prefeito de São José dos Campos é do mesmo partido do governador e vinha rechaçando tentativas de acordo. E agora Alckmin diz que o governo federal não enfrentou suficientemente o seu correligionário, que certamente seria sensível a um pedido seu para que negociasse.

O secretário nacional de Articulação Social da Secretaria-Geral da Presidência da República, Paulo Maldos, passou a semana passada inteira no Pinheirinho tentando intervir junto às autoridades municipal e estadual e chegou a ser ferido pela truculência da PM, no domingo.

Alckmin esbofeteou a sociedade brasileira com seus cachorros loucos armados até os dentes e agora a esbofeteia com suas mentiras e com sua covardia insuperáveis. Esse homem é indigno do mandato popular que recebeu.

Tags: , , , , ,

250 Comentário

  1. Estive domingo no Pinheirinho e a situação era desesperadora. Violência insensata e mesmo tiros com bala de verdade contra o povo. Assistam aos estarrecedores vídeos: http://www.tsavkko.com.br/2012/01/massacre-do-pinheirinhos-fotos-e-videos.html

    • Edu, esse caso de violência injustificável do Estado de São Paulo, de seu aparato repressivo e da leniência ou atuação desequilibrada e controversa do Tribunal de Justiça na desocupação do bairro Pinheirinho, é caso de ser denunciado na Comissão de Direitos Humanos da OEA (Organização dos Estados Americanos) e também na ONU, em seu organismo competente.

      Afinal, a Declaração de Direitos Humanos da ONU já tem mais de 60 anos e não podemos aceitar em pleno século XXI esse espetáculo grotesco de barbárie contra seres humanos indefesos, com muitas crianças, mulheres, doentes e idosos. Nada justifica tão brutal violência das forças do Estado, que devem proteger a sociedade, de todas as classes sociais e não atuar como “gerdarme” dos interesses economicos dos poderosos.

      A impressão que temos é que no Estado de São Paulo está em vigência um Estado de Exceção, que faz letra morta da Constituição Federal, a qual garante a inviolabilidade do direito à vida e a integridade física dos cidadãos.

      Em São Paulo os pobres são tratados como cidadãos de segunda classe, considerados sem direitos e a questão social é caso de polícia, como na República velha dos idos do início do século passado.

    • É deplorável a intromissão do governo federal, através do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, no processo de reintegração de posse da área invadida do Pinheirinho, em São José dos Campos. Ao politizar um assunto que se transformou em drama que sensibiliza a todos nós, mas sobre o qual nunca procurou encontrar uma solução, o ministro ignorou o princípio da separação entre os poderes e a autonomia dos entes federativos. Mais: ao dizer que o “método” do governo federal não é esse, sugeriu à nação que não se acatem decisões judiciais. Fato grave quando a atitude vem de um ministro que tem a obrigação de zelar pela Constituição.
      O método do ministro e de seu governo é conhecido. O cumprimento da decisão judicial fez com que o PT movimentasse todos seus tentáculos políticos e sua máquina de desinformação, com o intuito de atingir três metas: culpar o Governo do Estado pelo fato, caracterizar como de extrema violência a intervenção policial no local e se apresentar como paladino da justiça social, fazendo falsas promessas e criando expectativas irreais para os moradores do local.
      Criaram, o ministro e seu partido, nos moradores do Pinheirinho, uma falsa expectativa, nunca concretizada, de resolver a questão. Ao invés de fazer proselitismo político, o Governo Federal poderia ter publicado decreto de desapropriação da área, mas não o fez.
      É temerário que, mal se tenha iniciado o processo eleitoral deste ano, o PT já disponha de uma fábrica tão ampla de mentiras. Pior ainda é ver esse projeto de poder ser traçado às custas da ordem democrática e do sofrimento de pessoas que os petistas, hipocritamente, fingem confortar.
      O governo de São Paulo agiu em cumprimento de determinação do Judiciário, e a operação foi comandada diretamente pela Presidência do Tribunal de Justiça paulista. Enquanto o governo federal só agride, o governo paulista e a prefeitura do município providenciam a ajuda necessária para minorar o sofrimento das famílias desalojadas.
      Brasília, 24 de Janeiro de 2012
      ALBERTO GOLDMAN
      Presidente Interino
      Comissão Executiva Nacional

      • E pensar que um dia o Sr. Goldman foi Comunista. Bem, ele dizia que era. Será? Até fiz campanha pra ele. Bem mas ele não é o único. O presidente do pps também dizia que era. Agora viraram especialistas em torcer os fatos. Não adianta sr. Goldman. A sociedade está vendo o que está acontecendo. E se os senhores ainda conseguem enganar alguns, principalmente aqui em São Paulo, o certo é que esses “alguns” estão em número cada vez menor. Pode botar as barbas de molho. Mesmo elas sendo hoje bem curtinhas.

      • Mas não foi o o TJ-SP que determinou a desapropriação à força, desrespeitando a determinação do Superior Tribunal FEDERAL (que determinou a suspensão do processo de desapropriação até que a situação das famílias fosse resolvida)? Então o sr. Alberto Goebbel…digo, Goldman, está acusando a quem de desrespeito à hierarquia??

      • idiota…..me explique o privataria tucana primeiro…depois vem falar dos outros

      • Sr. GOLD MAN, para o Sr., em homenagem à “intelectualidade e ao brilhantismo” do pensamento tucano, uma frase síntese retirada da obra de Voltaire em ” Zadig ou o Destino”:

        “Estrelas de justiça, abismos de ciência, espelhos da verdade, vós que tendes o pêso do chumbo, a dureza
        do ferro, o fulgor do diamante e tanta afinidade com o ouro… ”

        Ressalte-se que a expressão “tanta afinidade com o ouro” pode ser, contemporaneamente, traduzida em afinidade ao “PUDER”, como poderia ser dito, talvez, pelo verossímel correligionário tucano Justo Veríssimo. Prezado senhor, na memória do povo não só ficam as digitais do governo paulista, mas as marcas indeléveis do sangue e das lágrimas de indefesos, prova cabal de injustiça banal. Meu senhor, quero crer que suas palavras já sejam resultado de um homem atacado pelos males da idade avançada, não de um conceituado e racional cientista que algum dia já fez coisas interessantes pelo país em que vive. E mais, Sr, a marca de quem agrediu, está registrada pelos vídeos “não oficiais” feitos pelos cidadãos. Não há como jogar com palavras nem fazer o fenômeno se encaixar na teoria, como faria o mais vil dos cientistas.

  2. caro eduardo se nada podemos fazer para resolver a situaçao dos cracolandes ou dos pinheires so nos resta apelar as pessoas de bom senso de sao paulo que se lembrem desta covardia enloquente deste governo louco fantasiado de democrata inimigo do povo pobre de sao paulo que indica loucos e coruptos para o judiciario paulista e comete crimes e jenocidio contra uma populaçao de crianças idosos pessoas doentes vivendo em um local inapropiado para o ser humano colocam a policia fortemente armadas com caes e gas lacrinogenicos em um fim de uma madrugada tocando fogo em barracos destruindos bens destes pobres que lutaram tanto para fazer estes barracos mim lembro quando este senhores feudas para chegar ao poder em sao paulo prometiam ao povo dias melhores na epoca do malufimos hoje e pior que o maluf fora coruptos e covil de assasinos o nosso maior ato de dignidade que podemos fazer dentro em breve e enxotar este covardes da politica nestas proximas eleiçoes e quando nos podemos exercer a nossa dignidade e qundo o pobre tem valor e na hora do voto. paulista pe

  3. Caro Francisco!
    Concordo plenamente e inclusive já comentei no próprio blog do PHA sobre isso. Acho ele um jornalista brilhante, com uma grande capacidade criativa, porém, coloca os seus assuntos pessoais acima de todo o resto. O que ocorre é que ao tentar atingir seus desafetos, dá munição para a direita, e, pior, incentiva comentaristas com pouco senso crítico a radicalizar e desancar o governo federal, ou a esquerda.

  4. Alguém está fazendo um levantamento no IML? Quantos são os mortos até agora? Li no site do UOL em crianças mortas, alguém tem fonte segiura desses dados?

      • Há um caso de um homem de 30 anos atingido por um tiro no domingo à tarde. Ele está em recuperação no hospital municipal, passou por cirurgia sem nunca sequer ter corrido risco de vida. Além disso, ele foi atingido fora da área da reintegração de posse.

      • Passei no link “”www.ovale….”e não sei o mais chocante, a truculência institucional ou a civil dos comentários que parecem não fazer idéia que a quase totalidade das pessoas que alí estão são carentes justo porque salários que recebem não lhes permite residir em outro lugar e provavelmente muitas destas pessoas trabalham em sub empregos ou domésticos que no final acabam sendo cozinheiras, babás, motoristas destes mesmos que hoje lhes negam o direito de discutir a lei, não esta lei porca de reintegração por maracutais mas da função social que deveria ser discutido antes de toda esta truculência. Quero vercom que cara vão ficar a “Justiça” e o “executivo”de São Paulo quando estas imagens começarem a rodar o mundo e a mascara de bons moços desta currióla de SP que não larga o osso.

  5. Uma dúvida, Sr. Eduardo. Quando o sr. fala “Míseras 24 horas teriam sido suficientes” o que quer dizer? Que eu saiba o aviso da reintegração já havia sido dado fazia tempo…

    • Informe-se sobre o caso, não posso atualizar cada leitor que só se informa em fontes que desinformam. Há muita informação neste blog

      • A dúvida é no sentido de saber o que adiantaria postergar a reintegração, tendo em vista a decisão judicial determinando o cumprimento. Em que 1 dia a mais faria diferença? Essa é a dúvida. Se fosse para utilizar o seu critério de justiça, a decisão não deveria ter sido cumprida, nem em 24 tampouco em 24.000 horas…

        • Senhor, a questão NÃO é a reintegração de posse é a VIOLÊNCIA usar pra isso. Com tantas famílias envolvidas, o mínimo que se esperava das autoridades seria uma saída pacífica. Se chegasse a polícia na sua casa sr.Abel e disse que o senhor teria que sair da casa em que o senhor vive há 8 anos, como o senhor reageria? Pimenta no _ _ no meu é refresco.

          • Ora Emilia. Se o Abel vive em sua casa legalmente adquirida não há santo que o faça tirar de lá.

          • Eu entraria na Justiça para evitar tal descalabro, pois eu PAGUEI pela minha casa. Não haveria, portanto, justo motivo para eu sair.

        • Abel, exatamente este é o problema, você foi no ponto desta vez. Para o Eduardo, a decisão nunca deveria ter sido cumprida. Não importa que os moradores tenham invadido uma área que não lhes pertencia. Para o Eduardo, invadir áreas é legal, desde que não seja a dele, é claro. Ainda que o Estado tivesse de desapropriar a área, pagando uma fortuna incalculável aos donos, e a entregando gratuitamente a quem não respeita a lei. Para o Eduardo, isso tá valendo.

          Para mim, o Tribunal de Justiça agiu corretamente e mostrou que nesta terra a lei ainda vale alguma coisa. É por isso que eu digo, morar no Estado de São Paulo é privilégio a todos os cidadãos que dignamente, com muita luta e de forma legal construíam suas vidas nele.

          • Sr Augusto, ja que o Sr é tão preocupado com a lei o Sr sabia que o dono do terreno pela lei que o sr hipocritamente tanto defende era obrigado pela lei a manter o terreno limpo, cercado e com calçamento no seu entorno .É a lei sabia Sr augusto???? mais pelo visto para o SR a lei só vale para os pobres, pilantras como o Sr Nahas estão acima da lei. Parabens por morar num estado sem problemas para os mesmos, a “chuiça brasileira”.

          • é este o ponto Sr Abel, o seu adorado e respeitado nahas não pagou pela terra e muito menos cumpriu a lei que manda cercar e manter os terrrenos limpos. Voces se merecem, desejo , em dobro, para voce tudo que esta acontecendo com as crianças jogadas na rua feito bandidas pela sua policia facista.

          • Vocês gostam de usar as decisões da Justiça como lhes convêm, lógico. Mas já que os senhores são tão letrados na Constituição, vai lá: No exato momento da ação, o nobre e distinto governador não poderia de forma alguma pôr a ação em andamento tendo em vista que existia um recurso do TRF adiando a decisão, logo, o STJ ou o STF deveria julgar qual tribunal possuiria a competência para dar a decisão final sobre o caso. A decisão – dada no mesmo domingo, quanta presteza – foi que a Justiça Estadual daria a decisão. A partir daí, sim, o governador poderia dar cabo à ação. Portanto, ele desobedeceu sim decisão da justiça federal, ainda que provisória. Aliás, o Tribunal de Justiça deveria ser ágil no que tange a milhares de precatórios (decisões da justiça) que são solenemente ignoradas pelo governo estadual, isso ninguém fala não é mesmo ? Finalizando, tá la Constituição: O direito à propriedade deverá ser respeitado, mas também a propriedade deverá obedecer função social. Além do mais, há grandes indícios que a terra é grilada e o senhor Naji Nahas deve, só em IPTU, mais de quinze milhões à prefeitura de São José dos Campos. No que a área já deveria ter sido requerida pela mesma para abater a referida dívida. Tomara que o governo federal decrete a área como sendo de utilidade pública, indenize a massa falida descontando os impostos devidos e torne a área em um grande empreendimento de casas populares do programa Minha Casa Minha Vida. Gostaria de ver a cara de tacho do safado do governador.

          • Só digo uma coisa a vcs. Os maiores invasores deste pais são os latifundiários. Senhores das terras que invadiram, mataram e grilaram. Estes representam grande parte dos fazendeiros da UDR, que não são incomodados de forma alguma pela imprensa. Essa turma é de extrema direita, defendida a todo custo por vcs. Bem, diante desta gente nefasta que tanto vcs direitóides defendem, um grupo de miseráveis que ocupam um terreno para morar e tentar sobreviver não está cometendo crime algum.
            Outra coisa, não teríamos miseráveis invadindo terrenos, se seus governantes amados tivessem se preocupado em dar condições para essa gente. Assim, eles não estariam nesta situação. Mas como seus amados se preocuparam em roubar demais, “privatariando” por exemplo, então muita gente ficou miserável e sem condições de adquirir casas, terrenos , etc…

        • Sr. Abel, existem muitas construções de alto padrão, edificios inclusive, que são construídas em locais irregulares, subornando-se a fiscalização, e que depois de denunciada a irregularidade na justiça esta acaba por tolerar a construção ilegal por conta do custo maior que seria a sua derrubada. O Sr. consegue entender isto? Se consegue, então por favor não faça perguntas idiotas.

  6. O governador e o prefeito agora vêm falar que a desocupação foi um sucesso, que não houve mortos no processo e blá blá blá… como se ter deixado 9.600 pessoas sem ter para onde ir não fosse algo absolutamente terrível! Isso sem falar nos verdadeiros campos de concentração que armaram para “acolher” os desabrigados.

    O slogan tucano, daqui pra frente, deveria ser: “desabriga, mas não mata!” (http://kimparanoid.wordpress.com/2012/01/24/desabriga-mas-nao-mata/)

    O que é também digno de nota é o silêncio da mídia diante do claro cerceamento à liberdade de imprensa que ocorre quando não é permitido o livre acesso ao Pinheirinho, bem como aos alojamentos da prefeitura.

  7. Resposta perfeita Eduardo!
    Impossível querer recuperar uma vida inteira de desinformação a cada nova polêmica surgida, não tem como debater nada com quem informa-se através de uma mídia podre e viciada.

  8. Será que a revista CARAS vai liberar os padres Marcelo Rossi e Antônio Maria para uma visita aos desvalidos do Pinheirinho?

    • Ah, tá…

      O padre martelo teria que pedir pra grobo, também, e o outro, o outro não é aquele barbudinho que fez parte dos cansados?

  9. Alo defensores do animais. Pessoas foram expulsas e tiveram que deixar para trás seus bichos, não foi? Alguém está cuidando deles? Sim, porque pela maneira que os extremistas-direitistas bandeirantes tratam as pessoas, imaginem como devem tratar cães, gatos, pássaros, galinhas, etc.

  10. Proponho um boicote aos produtos que financiam os membros do PiG. No final das contas quem está financiando essa imprensa imoral somos nós mesmos. Pense nisso. Podemos criar uma lista e deixar na internet acessível, sendo constantemente atualizada. É o mínimo que podemos fazer.

    • Concordo, Delano.

      • Apoiados! Só o boicote poderá nos salvar da barbárie. Lista de todos os ‘patrocinadores’ em tempo integral nos blogs e campanha permanente de boicote àqueles que sacaneiam o povo.

    • Apoiado! Lista para boicote e envio de e-mail para os patrocinadores do Pig, para não pensarem que a queda nas vendas foi causada pela “crise econômica” da Miriam Leitão!

    • Delano, me desculpe, mas já lhe ocorreu que o Governo Federal, a Petrobras e o Banco do Brasil estão nessa lista?
      E o que é pior: no topo dela?
      Bastava que se suspendesse por 3 meses as TODAS as propagandas em TODOS os veículos de divulgação sob alegação de “falta de verba”, ou melhor ainda, de “enxugamento dos gastos do governo” (coisa que os neoliberais adoram) para que o PIG ficasse de joelhos.
      Porque não é feito?
      []‘s

      Em tempo: recebi hoje uma cartinha da Presidência da República com votos de Feliz Natal e Próspero Ano Novo com uma foto da Dilma.
      Legal! Desanquei o sarrafo durante todo o ano de 2011 exigindo lei de meios, aproximação com o povo que a elegeu e um oportuno afastamento da extrema direita canalho-midiática e no final, recebo isso…
      Então tá tudo certo, D. Dilma.
      Tentaremos de novo esse ano…

  11. Decisão judicial não se contesta, mas, se cumpre.
    -
    http://oglobo.globo.com/pais/pinheirinho-especialistas-dizem-que-decisao-do-stj-foi-correta-3747085
    -
    [i]SÃO PAULO – Especialistas em Direito dizem que foi correta a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de validar a determinação da Justiça estadual paulista em detrimento do despacho da Justiça Federal, que suspendia a desocupação da área do Pinheirinho, em São José dos Campos, no interior de São Paulo. [/i]

    • Conversa fiada, essa é uma questão social, posso arrumar uma tonelada de “especialistas” dizendo o contrário. A Constituição tem preceitos humanistas que se sobrepõem a interesses econômicos, é questão de interpretação, a matéria é tendenciosa, apresenta um lado só quando há uma grita generalizada contra essa ação, tanto é que Alckmin tenta se desvencilhar dela, mas a batata dele está assando.

    • Como já falei, tem coisas que não podem ser decididas ou justificadas apenas pelos frios aspectos técnicos. A situação envolve as vidas de milhares de pessoas, não o destino de mercadorias. Estão se escondendo por trás da frieza da letra da lei para justificar a insensibilidade social e truculência. A lei e justiça devem proteger a todos, não apenas alguns.

    • Bobagem. Essa historinha de arrumar “especialistas” para legitimar a injustiça (ou justiça torpe nesse caso) é fácil. O outro lado pode encontrar “especialistas” provando que não é bem assim. Nem vale a pena perder tempo com isso. O que aconteceu não poderia ter acontecido da maneira que aconteceu. Fim de papo.

      • Fim de papo o cazzo.
        Leia o link da PF, que postei.

        • Visão puramente legalista. Típica da burguesia mediocre. A melhor forma de manter as coisas desiguais é tratar igual os desiguais. Para isto serve a interpretação legalista da sociedade. Manter tudo como está. Um dos preceitos da direita.

          • Meu caro Ricardo, você está tentando explicar algo transcedental para um sujeito que já viveu 60 anos e que até agora não aprendeu nada…
            Acho que não vale a pena, companheiro.
            []‘s

          • “Dura lex, sed lex”, minha gente.
            E, não é, exatamente, por falta de se cumprir a lei, que “pinheirinhos” se formam ?
            Sejam homens adultos, e encarem os problemas da forma como se apresentam, ou nunca as coisas serão resolvidas.

        • Caro, esse link apenas reproduz notícia da Globo, não é a posição da PF!

      • Boa Carlos!

        Alguém fez uma provocação na mídia hoje: “o governo federal acha que a lei não tem de ser cumprida???”. Pensei eu: tem de ser cumprida de forma muito competente, com visão holística. O governo Alckmin já mostrou que carece de qualidades básicas de qualquer ser humano.

        E para os que defendem que “a lei seja cumprida” respondam: Alckmin não quer cumprir a lei favorável aos professores das escolas públicas referentes à sua carga horária. É o caso de deslocar 2 mil retardados armados até os dentes e descer o porrete no sr. governador????????????

    • Quanto ao cumprimento de decisão judicial, o mesmo governador que alegou cumprir uma, atacando Pinheirinho com sua polícia, descumpriu liminar da Justiça que estipula a carga horária de 2/3 em classe e 1/3 fora dela para os professores da rede estadual. Por que dois pesos e duas medidas?

    • Primeiro: o gov do Estado NÃO CUMPRE várias ordens judiciais, como os precatórios, o do piso salarial, etc. Assim, esse seu “argumento” conveniente já cai por terra.

      Segundo, a questão central é que HAVIA UM ACORDO tanto político como jurídico pra suspender a reintegração por 15 dias a fim do gov federal desapropriar a área. O próprio Presidente do Tribunal Federal ligou pra juíza responsável pra informá-la disso. Ela “esqueceu” de despachar a contra-ordem na sexta, o governador – que SABIA DO ACORDO, pois participou dele – DECICIU que era “agora ou nunca” e mandou a PM cumprir a ordem que nem mesmo o síndico da massa falida queria que fosse cumprida (pois tbm era parte do acordo).

      E 9000 pessoas perderam tudo – o que é ilegal, mas pra gente como vc, só quem é rico tem direito de propriedade, só as “pessoas de bem” tem direitos humanos, etc. E vc fica com essa ladainha, defendendo incondicionalmente os canalhas que fizeram essa barbaridade por um sentimento de corporação.

    • Então que o biltre putrefado Xuxuzinho faça cumprir a determinação da justiça em pagar o piso salarial aos professores de São Paulo e não vomitar asneiras que professor tem que lecionar por amor, e não por salário. Que é? Dois pesos, duas medidas? CÌNICO!

    • É a lei, né. A lei que é uma melhor forma de burla a justiça,interpretada normalmente por juizes que nao tem sensibilidade social e agem conforme suas consciencias(de defesa de suas classes sociais) e geralmente em favor, esse caso é exemplo, de um especulador e financista maracutaieiro, Naji Nahas que, pelo que li no PHA, adquiriu o terreno em circusntancias um tanto nebulosas.

    • Sua visao do Direito é obtusa demais.

    • O mesmo governo que vc defende com o argumento nazista de que “apenas cumpriram ordens” (vai estudar Nuremberg, carafca!) DESCUMPRE milhares de ordens judiciais para pagamento de precatórios há décadas!

      Quem vc pensa que está enganando com essa ladainha, hein?

      E se a lei precisa ser respeitada – e precisa – a lei maior diz que a DIGNIDADE humana é um dos princípios fundamentais. E diz que a propriedade DEVE (não é pode, mas DEVE) cumprir sua função social.

      Ou seja, a ordem judicial não cumpriu a lei. O governo estadual e municipal não cumpriram a lei.

      O direot de propriedade NÃO É superior ao direito à moradia e á dignidade. Há um conflito evidente, e resolve-se esse tipo de conflito pela solução QUE MENOS PREJUÍZO CAUSA. Ou seja, a que menos direitos fere.

      Adotar a solução mais danosa é DESCUMPRIR A LEI que vc diz que “deve ser cumprida”.

      E vc vem arrotar esse papinho furado de “estrita legalidade” sem sequer CONHECER A LEI?

      De novo, quem vc pensa que tá enganando com sua descontextualização? Com esse papo covarde de jogar a responsabilidade pro judiciário ou pra lei, como se o governo estadual não tivesse tido escolha? Como se fosse um fato da natureza, ou força divina?

      Ah, vai plantar batata junto com seus amigos reaças. E vê se estuda a lei antes de sentenciar alguma coisa sobre ela.

  12. O mis interessante é que alguns blogs estão colocando a culpa do confronte no PT e no Governo da Dilma!!!! Qualquer coisa que ocorra em São Paulo não é responsabilidade do Governo do Estado dos prefeitos dos municiíos que fazm parte do Estado Paulista e sim do Governo Federal!!!! OBSERVAÇÃO.: já recebi vários emails e post de blogs de pessoas que se dizem comunistas!!!

    • Óbvio que a culpa não é de Dilma nem do PT. Mas ignorar a fraqueza absurda e por vezes revoltante de Dilma e até do PT não ajuda muito.

      • Concordo com voce Carlos, a omissão da Dilma neste caso é imperdoavel, pois para não criar atritos com o seu “amiguinho” Geraldo, deixou que milhares de pessoas fossem jogadas no meio da rua. Bastaria um simples telefonema dela ao Geraldo para impedir esta tragédia, mais infelizmente os interesses “macros” estão acima da vida destes inocentes. Alias não consigo aceitar que uma pessoa que enfrentou a ditatura e foi barbaramente torturada tenha medo de enfrentar a midia, em particular a Globo, onde esta a regulamentação da midia???? o PT ainda esta fazendo seminarios????
        Outra coisa teve um amigo navegante criticando o PHA pois ele estaria dando “munição”para o inimigo. Pera ai!!! mais o que mais criticamos não é a parcialidade da grande midia??? quer dizer que eles nãp podem ser parciais, mais nós podemos???? se for assim estou fora disto, pois luto por uma midia verdadeiramente democratica doa a quem doer!!!!

  13. Saiu no portal Terra:

    Aos 72 anos, Júlio Luiz Vieira ainda se mostrava um tanto quanto resignado ao deixar a casa em que morou nos últimos sete anos na comunidade do Pinheirinho, em São José dos Campos, cujo terreno passa por um processo de reintegração de posse desde o último domingo. Pronto para recomeçar a vida, ele alugou uma Kombi por R$ 100 para retirar os seus pertences do antigo lar.

    Ainda assim, não foi dessa vez que conseguiu tirar as coisas lá de dentro. Impedido pela Polícia Militar, no final da tarde de segunda-feira, de entrar no terreno por “questões de segurança”, ele prometeu voltar na quarta-feira para se despedir do local, onde criava patos e galinhas e cultivava feijão e cebola no quintal.

    “Quando eu vi que não tinha mais jeito, vendi os patos e as galinhas. Agora, faltavam uns 15 dias para colher o feijão e a cebola. Esses eu não queria deixar para trás. Estavam muito bonitos”, diz ele, que deixou Maceió na década passada a pedido dos filhos.

    Vieira vivia na casa com dois filhos e dois netos. Tinha no quintal três cachorros, que ele diz terem ficado lá presos, sem comida. “Dá muita pena pensar que eles estão lá e eu não posso fazer nada”, lamenta, garantindo estar pronto para recomeçar. Nos próximos dois ou três meses, Vieira deve ir para a casa de uma filha e do genro. Depois disso, vai “ver como fica”. “Nessa idade é um pouco difícil, mas a gente batalha.” Como ele mesmo conta, foi assim a vida toda, e agora não será diferente.

    Agora sim. Tem mal trato com animais. Agora vai aparecer solidariedade…
    Onde já se viu deixar cachorros presos sem comida?

    • Antes do tiroteio, é ironia, tá?

    • IA vida das pessoas é o que extrema direita e fascistas em geral não comreendem. Não se trata apenas do lado material, da casa, dos pertences, mas da história das pessoas. Mas o que vamos esperar de mentalidades que consideram que cuidar bem da educação é construir escolas, mas pagam mal os professores e ainda descem a borracha neles quando reclamam? São 5500, 6000 pessoas, não sei ao certo. São 5500, 6000 histórias que vão muito além de ter um teto pra abrigar da chuva e paredes para proteger do frio.

      Tudo reduzido a números, tudo reduzido a “cumprir a lei” deixando de lado um ditado popular antigo que diz “cada cabeça, uma sentença”.

      Jogaram as pessoas para fora do lugar em que elas escreveram 7 ou 8 anos da história de suas vidas. É o vizinho, é o cachorro, o gato, o passarinho, a galinha, a horta, a roseira plantada num jardim, é o lado onde nasce o sol… A vida de todo mundo é isto, lembranças, objetos, outras pessoas do cotidiano e uma série de coisas que dão segurança e esperança. O crime cometido vai além do valor material das coisas, mas vai querer que tecnocratas fascistas compreendam estas coisas. Brucutus não entendem destas coisas. Tenho cachorro, cuido dele, tenho um jardim meio esculhambado, tenho meus vizinhos, minha casa e ficaria muito puto da vida se me visse na situação descrita.

      Gente não é gado que se leva de um lado pra outro de acordo com a conveniência.

  14. Como ja disse em outro blog, não diferença entre a ação no Pinheirinho das ações de Hitler. O pior que ainda apareceu um idiota de São José dos Campos dizendo que era culpa dos nordestinos. Dá pra acreditar numa coisa dessa, Eduardo? O que é que está acontecendo com o povo paulista? Está sofrendo lavagem cerebral ou pensam como os alemães na 2ª guerra? Porque Hitler só fez o que fez porque o povo alemão concordava com ele. Será que esse pessoal do governo paulista dormem sono dos justos? Duvido! Por mais que as pessoas estivessem revoltadas, a PM e seu comandante Alckmim, não deveriam usar armas de guerra contra civis indefesos. Pura covardia. Eles estão iguais aos que espancam crianças e mulheres, pois não são corajosos o suficiente pra encarar os mais fortes. Cambada de covardes e hipocritas!

  15. Geraldo Alckmin é um pobre coitado, sem nenhum talento para o cargo que ocupa; serve apenas como estafeta dos interesses mais espúrios e da direita mais reacionária que há no país. Está cumprindo seu papel odioso e não tem suficiente caráter e hombridade para manter e sustentar sua posição; então, recorre a ridículos “recadinhos” mandados por seus prepostos, para aliviar sua imagem de “menino bonzinho”… Mas não deixo de enfatizar que o principal culpado desses desmandos em São José dos Campos é o eleitorado paulista; pois o gravatinha da Opus Dei está aonde está, por sua lastimável escolha na hora das eleições, que vem se repetindo sistematicamente nos últimos quase 20 anos. Portanto, São Paulo merece o governador que tem e a queda na qualidade de vida de seu povo, a vertiginosa caída em sua participação no PIB nacional, a má qualidade de sua Educação, Segurança, Saúde Pública, Juduciário, etc. e etc. São Paulo quis assim!

  16. Se o Pinheirinho fosse no mar o Geraldo Alckmin ia dizer que não salvou o povo porque ele escorregou e caiu dentro de um bote.

  17. Toda essa movimentação para reintegração de posse por parte do STJ,com o apoio do Sr. governador Alckimin, se dá por um unico motivo: a prefeitura de São Paulo é credora do senhor Naji Nahas e, portanto, será beneficiada com a venda dos terrenos.
    A prefeitura permite que as pessoas se estabeleçam no local, cria condições para permanecerem e agora simplesmente expulsa todos de suas casas. Absurdo, como os interesses políticos e financeiros estão acima do ser humano!

  18. Conversa Mole esta de que o Governo Federal se “esforçou” , para resolver o problema de Pinheirinho.

    Será que eles não sabiam da Ficha Corrida e do Histórico da Tucanalha quando se trata de pobres ou comunidades menos favorecidas??

    Será que o governo Federal não sabia que o PSDBUNDA , seus comparsas midiáticos e seu Fã Clube de Canalhas são o supra sumo do Nazismo hodierno no Brasil ?

    Será que não viram as imagens das reintegrações de Posses em Heliópolis, Pontal do Paranapanema e os Incendios Criminosos em Favelas de S.Paulo ?

    Não perceberam o Processo de Nazificação da Midia Golpista e de seus comparsas da Tucanalha , e suas consequencias contra os cidadãos do Estado de S.Paulo , por exemplo ?

    O Governo Federal e esta Presidente atual., teriam sim como enquadrar o Prefeitinho Venal e sua Trupe de Fascinóras da Gestapo Paulista , bastanto assinar ou ameaçar assinar um decreto de Desapropriação da área de Pinheirinho como parte da Reforma Agrária e providenciar a proteção dos moradores com a Força Nacional ou o Exercito , já que corriam sérios riscos em sua integridade Física e patrimonial .,

    Isto sim, seria uma atitude de um Governante preocupado com seus cidadãos menos afortunados e que se encontram ameaçados por uma Horda de Criminosos e afins .

    Mostrar inequivocamente de que lado está , não agindo através de prepostos incompetentes e sem a energia e autonomia que uma presidente deve e teria que ter .

    Mas para isto seria necessário que a atual ocupante do Cargo de Presidente tivesse uma grama da coragem que supostamente possuia quando enfrentou a ditadura Milica , o que não ocorre , já que como comentei em um post anterior , ela se Borra incontrolávelmente quando o assunto é o PIG.

    Entre enfrentar o PIG e por tabela os seus Cumpinchas da Tucanalha Fascista acantolados no último bastião da SS localizado em S.Paulo e cumprir seu juramento de posse em impor a constituição , qual seja a defesa dos Direitos Humanos no Brasil , é mais do que óbvio que ela ficará com sua ” Boa Relação com a Imprensa Golpsita ” .

    O importante para esta atual Presidente são os números da Pesquisa de Popularidade , e os Massacrados em Pinheirinho na Noite de Cristal promovida pela Direita Hidrófoba que se lixem .

    Como disse , o medo patológico que o PT e o governo Federal tem do PIG , além de ser Nojento para quem lutou para coloca-los no poder , constituem crimes de Prevaricação e de Alta Traição ao País .

    A Luta continua contra a Corja Tucanalha , mas tambem contra os covardes que receberam o poder para governar e se omitem vergonhosamente diante do Genocidio premeditado .

    • Está culpando as pessoas erradas. O governo federal vem tentando, mas não quis abrir um confronto institucional. Releia meu texto

      • Agora buscam-se um jeito de culpar o Governo Federal.

        São Paulo sempre se comportou como um Estado à parte da Federação, e nunca o contrário. Foi assim naquela tentativa frustrada de golpe de 1932 que o Governo Paulista chama de “Revolução”.

        Agora mesmo o Geraldo Alckmin disse ao Suplicy que a decisão que valia era a da Justiça Estadual.
        A impressão que fica é que São Paulo criou uma Justiça particular para legitimar suas arbitrariedades.

        Observem apenas nesse primeiro mês de 2012, quanta arbitrariedade já aconteceu em São Paulo. E agora querem culpar o Governo Federal?!

        A elite paulistana aceita uma intervenção federal no Principado de São Paulo?

        • Peraí, Gerson e Edu, também votei as quatro vezes no Lula e a última na Dilma, e portanto como eleitor tenho o direito de cobrar resultados. Concordo com o que disse o Adilson quanto a evidente pusilânimidade de nossa presidente frente à direita. E não me venha com a conversa de governabilidade. A Dilma até agora só tem feito concessões aos inimigos do povo. O Lula passou oito anos se escondendo da direita, acuado, elegemos a Dilma, guerrilheira, e esta parece seguir o mesmo caminho. Então tá, o Brasil é a sexta economia do mundo, ótimo, mas e o povo, como vive, as desigualdades diminuiram por acaso? Ah, hoje temos um Eike Batista no ranking mundial entre os mais ricos do mundo. E isso lá é noticia para se comemorar! Será que teremos que votar sempre no menos pior? Por isso apoio em tudo o que disse o Adilson porque é o retrato atual do Brasil e não adianta tergiversar. Torci pelo Lula e torço pela Dilma, mas assim não dá…

      • Entendo que a presidenta Dilma precisa ser muito cuidadosa, pelo cargo que ocupa; muito mesmo, excessivamente. Entretanto, em algumas questões, ela precisa, não omitir-se, mas posicionar-se, politicamente. O cargo dela é mais político do que técnico. Eu diria, 70%, ou mais, um cargo político. A presidenta não é uma gerenta ou uma CEO empresarial, ela é a líder política de um povo. E ser político significa posicionamento político claro, em várias searas relevantes. Não vejo a presidenta se posicionando de maneira clara e definitiva sobre a regulamentação dos meios de comunicação; as pessoas metem o pau no ministro Bernardo, mas convenhamos que a presidenta Dilma é quem dá o tom. O posicionamento implícito da presidenta até agora é “não mexer com o PIG”. Detestamos vê-la na Folha de São Paulo no ano passado, absurdo. Enviar um ministro representante vá lá, mas ir pessoalmente, foi o fim da picada.

        O governo federal em algum momento terá que ser franco e abrir seu jogo para o eleitorado que espera a regulamentação das comunicações. Tudo bem que existem outros planos importantes, como o combate à miséria. Mas sem “cortar substancialmente o barato do PIG”, o Brasil permanecerá tendo que engolir os abusos do Partido da Imprensa Golpista, que, aliás, apoiou a ditadura militar com entusiasmo. Da forma como opera, o PIG constitui-se não em uma imprensa livre e democrática, mas em uma ameaça à democracia, por refletir não a opinião pública, mas os interesses de algumas famílias muito abonadas do Brasil. O PIG tem lado: o lado da parte da elite do Brasil que quer continuar na “casa grande”, com a maioria das pessoas do País preferencialmente na “senzala”. E não tenhamos ilusões: sem pressão social, o governo não enfrentará o PIG; muito provavelmente, ficará tudo como está. Portanto, temos que pressionar, até para dar respaldo e ajudar a presidenta e seus aliados a terem motivos para mover-se. Qual político sensato não gostaria de cortar bastante as asas do PIG, excetuando os PSDB, um partido que adora ricos?

        • Luiza vc está correta na sua análise! Eu, como Brizolista, gostaria que a Dilma, também (?) Brizolista, tivesse uma gotinha de sangue do Brizola e saísse de cima do muro, principalmente quando se trata de confronto com governadores tucanos!

          • Perfeito Jacó. Enquanto a Dilma pelas sacro-santas razões politicas não enfrenta o PIG e o Geraldo, os povos dos pinherinhos deste Brasil afora vão continuar sofrendo nas mãos dos facistas.

    • Não costumo comentar mais de uma vez o mesmo Post , pois tenho muito trabalho para ganhar o pão diário para sustentar minha familia e apenas na hora do almoço e á noitinha que venho á este site para me informar , entretanto preciso esclarecer que não ” culpei ” o governo Federal pelo ocorrido , basta ler o meu comentário para comprovar isto .

      A Culpa pelos Crimes cometidos no Pinheirinho e em muitos outros lugares do estado de S.Paulo é da Tucanalha e de seus Cumplices do PIG .

      Fui Claro ??

      O que não livra o Governo federal e a atual Presidente , que pessoalmente acho que está se acovardando diante dos Fascistas de s.Paulo , de serem acusados de terem medo de encarar o PSDBUNDA e o PIG nesta em muitas outras ocasiões .

      È Covardia agregada á Politicagem , póis o governo Federal tinha os meios de evitar o que ocorreu , conhecendo a Ficha Corrida Nazistoide da Tucanalha , e por motivos de ” não confrontar constitucionalmente o Estado de S.Paulo , achou melhor ficar em cima do muro e talvez lucrar eleitoralmente .

      NÃO SE EVITA CONFRONTOS COM CRIMINOSOS OU COM FORAS DA LEI .

      E o Governo de S.Paulo na figura de seu DESgovernador é um criminoso Genocida que atentou contra a vida de mulheres e crianças indefesas ,através de sua Tropa de Ocupação , conhecida como Gestapo Paulista.

      Não confrontar com este tipo de lixo, significa aceitar que os crimes praticados por ele e sua Corja são aceitáveis e palatáveis .

      Pra Mim jamais serão !!

      Em outras palavras , A constituição deve ser cumprida por quem a Jurou solenemente em sua posse , ou seja
      impor a lei aos Bárbaros Fardados ou não da Provincia de S.Paulo e aos seu Agregados Venais da Mídia .

      Já passou da Hora deste atual Governo dizer qual é a sua cara , quais são seus paradigmas políticos e sua identidade social.

      A provincia mais reacionária do Brasil acredita-se independente e livre para ditar suas normas fascistas aos habitantes que não rezem em sua cartilha canalha , e é necessário Frea-los antes que eles percebam que não temos um Governo Federal que prime pela Coragem em enfrenta-los.

      Caso não sejam exemplarmente punidos , corremos o risco de que outros estados sigam o exemplo de São Paulo e promovam a limpeza etnica de suas populações menos favorecidas sob os olhares complacentes e amedrontados do Governo Federal

      Vou aguardar quais serão os novos passos da Presidente em relação á estes crimes e então veremos com quem ela está realmente .

      • A palavra é confronto mesmo.

        O PT “ganhou” o centro ao dizer que não tocaria nas “sagradas instituições” da propriedade privada, pra eterno desconforto da esquerda que o apóia. Deixou assim, pro PSDB, apenas aquela facção dos preconceituosos, dos que odeiam pobre . A direita mais reacionária que, sejamos francos, jamais areditou muito no PSDB, já que esse partido nunca havia assumido o espírito da TFP.

        Com o caso dos professores, da USP e da crackolândia, o PSDB finalmente assumiu o “manto” da direita. Declararam, abertamente, que “é do nosso jeito ou vai na porrada” e “questão social o cacete! Tem que descer porrada em vagabundo”.

        Mas, ainda assim, esse contingente de amebas não é suficiente pra vencer eleição – e esse é o objetivo principal. O PSDB precisa reconquistar a centro-direita, que descambou pro lado do PT quado esse se comprometeu a não fazer nenhuma revolução nem tocar na sagrada propriedade, e buscar a justiça social dividindo as migalhas.

        O conflito aberto no Pinheirinho obriga o PT a adotar uma posição diferente. Se eles confrontam o PSDB, assumem que a propriedade é relativa, e não absoluta, e deve se curvar aos direitos sociais. Com isso, o PT perde o centro para o tukkkanos. E essa guinada À direita não vai apenas aumentar o contingente eleitoral tucano, mas vai mudar a própria concição das pessoas que jamais pensaram muito no assunto. Elas vão perceber que a defesa dessa propriedade absoluta importa, necessariamente, no escanteio das questões sociais. Ou defendem a propriedade absoluta, ou se apiedam dos coitados, não há meio termo.

        Mas se o PT não faz nada, incorrerá na ira da esquerda. Imagino que, nessa situação, o PT perca votos, mas não tantos quanto na situação oposta. Por isso, o silêncio ensurdecedor.

        Porém, a questão do Pinheirinho não é trivial. Ela não admite esse tipo de raciocínio. Ela é grande demais, profunda demais, e tem o poder de mudar um povo. É um ponto de fractura, não um mero tromorzinho. Um tsunami, não uma marola. Não dá pra ficar se segurando e esperar passar.

        Aquelas 9000 pessoas merecem mais do que esse silêncio. Ou o PT arregaça as mangas e assume do que é feito, ou vai se dar mal a médio prazo. Corre o mesmo risco que o PSDB correu ao abandonar a ideologia e, com isso qualquer credibilidade. Mesmo do ponto de vista prático, o silêncio é a escolha errada.

        Tá na hora de entrar nesse conflito de cabeça. Se o Brasil decidir que prefere esse direito de propriedade absoluto, acima da dignidade das pessoas e seus direitos humanos, paciência. É um Brasil que não nos merece.

        Mas ele pode nos surpreender. E acredito que irá nos surpreender. O PSDB não entende o povo, não sabe como ele pensa. Imagina que obrigando o PT a assumir que pode, eventualmente, relativizar a propriedade,recolocará nos brasileiros o medo que perderam de Lula e cia.

        Acho que vão se dar mal. E acho que o PT deve pagar pra ver.

  19. Ah a policia…

    Só deixarão de serem brutos e crueis quando estiverem sob tutela da Esquerda.

    • …hehe… a polícia dos Castros de Cuba, dos Kins da Corea do Norte, do Stalin da ex-finada CCCP que o diga…

      • Essa foi a melhor piada do dia, sem dúvidas…

      • Sebastião, voce tem uma mente muito pequena para entender o conceito de esquerda, não seja reducionista e não esqueça de olhar embaixo da cama antes de dormir para ver se não tem comunista.

  20. Prezado Eduardo
    O título do seu artigo é um glorioso PLEONASMO! Mas pode chamar de REDUNDÂNCIA… Alguma vez o ALCKMIN E/ou a IMPRENSA disseram a VERDADE?
    aBRAÇO
    cASTOR

  21. Mas a mim não surpreende,pois a mentira sempre foi a arma predileta da direita fascista,como bem asseverou em tempos idos e de triste memoria um dos baluartes do regime nazista:¨uma mentira dita mil vezes,se transforma em verdade¨.Esperar o que do homicida governador de São Paulo?Que diga simplesmente a verdade?Isso,se acontecesse seria romper com a propria tradição do partido ao qual ele pertence,o PSDB.

  22. Caro Edu

    Essa atitude do governo tucano me lembrou uma outra muito parecida. A de Carajàs em 1996 em que 1500 sem terra ocupavam uma rodovia no Pará para protestar contra a demora do governo federal em assentar suas famílias. Na tarde daquele dia, o governador Almir Gabriel, tambem do PSDB, tomou uma decisão que mudou sua biografia e envergonhou o Brasil. Estamos vendo o mesmo filme?

  23. “Os jornais de hoje noticiam a violência de 2 mil policiais na expulsão de 8 mil moradores do Pinheirinho, em São José dos Campos (SP), que há 8 anos ocupavam a área. A Justiça de São Paulo alega que o mega-especulador Naji Nahas seria dono do terreno.

    Sobre este tema, cabe comentar que no ano de 2011, até outubro (último dado disponível), o Governo de São Paulo destinou R$ 8,98 bilhões para o pagamento da dívida pública interna, 14 vezes mais que o valor destinado à Habitação. A dívida do Estado de São Paulo é composta principalmente pelo débito junto ao Governo Federal, que cobra dos estados taxas de juros equivalentes ao IGP-DI mais juros de 6% a 9% ao ano.

    Conforme reconheceu a própria base do governo Lula e o PSDB no Relatório Final da CPI da Dívida, aprovado em maio de 2010 na Câmara dos Deputados, o custo desta dívida “revelou-se excessivo” aos estados. Tais valores pagos ao governo federal são utilizados por este para o pagamento da dívida federal, que também foi causada pelas altas taxas de juros, conforme também reconheceram a base do governo e o PSDB na CPI da Dívida.

    Ou seja: tais dívidas possuem grave indício de ilegalidade, por terem explodido a partir do mecanismo de “juros sobre juros”, já considerado ilegal pelo Supremo Tribunal Federal.

    Em 2011, o Governo Federal reservou ao Programa “Minha Casa Minha Vida” o valor de R$ 12,7 bilhões, mas devido ao processo de contingenciamento, boa parte deste valor foi “bloqueado”. Até 31/12/2011, apenas R$ 644 milhões haviam sido gastos. Isto significa apenas 0,04% do Orçamento, ou seja, 1.126 vezes menos que os recursos destinados à dívida pública, que beneficia grandes banqueiros e mega-especuladores como Naji Nahas.

    Importante relembrar que Nahas foi absolvido – após a quebra da Bolsa de Valores em 1989 – com a ajuda de testemunhas como Mario Henrique Simonsen e Delfim Netto, principais formuladores da política de endividamento público nos anos 70.”

    Fonte: http://www.divida-auditoriacidada.org.br/config/artigo.2012-01-24.0952996084/document_view

  24. Graças a Deus, apesar da truculência da polícia, parece que não houveram mortes e nem feridos graves mesmo.
    Isso é o mais importante!

  25. CAROS AMIGOS!

    Refletindo sobre os comentários e o quanto postado pelo Eduardo, realmente NÃO SE PODE TRANSFERIR A RESPONSABILIDADE PARA O GOVERNO FEDERAL.

    NÃO.

    NÃO FOI ELE QUEM AUTORIZOU ESSA BARBARIDADE. Pelo contrário, O GOVERNO FEDERAL EMPENHOU-SE DURANTE TODA A SEMANA que antecedeu àqueles acontecimentos na tentativa de negociação e solução pacífica do conflito e, conforme noticiado, FORA O PRÓPRIO PREFEITO DE SÃO JOSÉ QUEM CANCELOU TODAS AS TENTATIVAS DE SOLUÇÃO PACÍFICA, até porque, se cedesse aos apelos do Governo Federal, o “Fuhrer de São Paulo” (também conhecido como Geraldo Chuchu) estaria ATIRANDO NO PRÓPRIO PÉ E TORNAR-SE-IA REFÉM DO NAJI NAHAS…. Não somente ele, mas todos os demais envolvidos, a contar do próprio “presidente” do TJ/SP.

    Pronto.

    Lado outro e com o devido respeito a todos quantos já aqui postaram, NÃO SE TRATA DE UMA “POSSIBILIDADE” de que venha ser instaurada uma Crise Institucional.

    Não.

    INFELIZMENTE A CRISE INSTITUCIONAL JÁ SE INSTAUROU QUANDO TODOS OS PRECEITOS CONSTITUCIONAIS aplicáveis ao caso FORAM DESOBEDECIDOS PELO NAZI-FASCISTA GOVERNADOR e seus correligionários (Juízes e Desembargadores e, evidentemente, pela “Gestapo” que é a PM de São Paulo).

    NEM SE DIGA QUE O STF, também chamado de “Guardião da Constituição” VÁ TOMAR ALGUMA PROVIDÊNCIA PARA DESFAZER esse lamentável episódio, visto que, o Sr. “presidente” do STF, CEZAR PELLUSO, é oriundo do próprio TJ/SP e, portanto (e não façamos “cara de espanto”) NÃO VAI POSICIONAR-SE CONTRA SEUS CORRELIGIONÁRIOS até porque, sabe-se lá o que ele (Pelluso) pode estar escondendo sobre aquele “bigode”, não é mesmo?

    Mas se JÁ EXISTE ESTA CRISE INSTITUCIONAL, penso eu aqui com os meus botões que É NECESSÁRIA A INTERVENÇÃO DO EXECUTIVO FEDERAL na situação.

    Evidentemente que a mída golpista do PIG, num primeiro momento, teria a vantagem pois controlaria todos os noticiários. MAS HÁ COMO REVERTER ESSA SITUAÇÃO PAGANDO NA MESMA MOEDA, ou seja, se o PIG atulhar os noticiários com notícas contrárias ao quanto determina a Carta Cidadã de 1988, TAMBÉM PODEREMOS UTILIZAR-NOS DAS CADEIAS NACIONAIS DE RÁDIO E TELEVISÃO PARA DAR A VERSÃO CORRETA DOS FATOS.

    Será que esta não seria uma “queda de braço” interessante de se fazer PARA FAZER COM QUE O “PIG” SAIBA QUE NÓS NÃO IREMOS MAIS SUPORTAR SEUS DESMANDOS????

    Lembremo-nos que a própria “globo”, quando da posse do COMPANHEIRO LULA (SAÚDE A VOCÊ, COMPANHEIRO, QUE SUA VOZ VOLTE A ECOAR NO CENÁRIO BRASILEIRO COM URGÊNCIA), cuidou imediatamente de paparicá-lo pelo MEDO – isso mesmo, MEDO – de consequências que lhe poderiam ser muito prejudiciais.

    Então, mesmo o “PIG” sabe até que ponto pode chegar e num confronto com PODERES SUPERIORES AO SEU, SABERÁ E EFETIVAMENTE COLOCARÁ A “VIOLA DENTRO DO SACO”.

    Mas isso é a minha opinião e este espaço democrático é exatamente para isso: PARA QUE OPINIÕES SEJAM PROFERIDAS E IDÉIAS APERFEIÇOADAS.

    Assim, AGRADECENDO DESDE JÁ A PACIÊNCIA dos que até aqui leram, DEIXO MINHA HUMILDE CONTRIBUIÇÃO.

    “Hay que enderecer-se pero sin perder la ternura jamás”.

  26. Refletindo sobre os comentários e o quanto postado pelo Eduardo, realmente NÃO SE PODE TRANSFERIR A RESPONSABILIDADE PARA O GOVERNO FEDERAL.

    NÃO.

    NÃO FOI ELE QUEM AUTORIZOU ESSA BARBARIDADE. Pelo contrário, O GOVERNO FEDERAL EMPENHOU-SE DURANTE TODA A SEMANA que antecedeu àqueles acontecimentos na tentativa de negociação e solução pacífica do conflito e, conforme noticiado, FORA O PRÓPRIO PREFEITO DE SÃO JOSÉ QUEM CANCELOU TODAS AS TENTATIVAS DE SOLUÇÃO PACÍFICA, até porque, se cedesse aos apelos do Governo Federal, o “Fuhrer de São Paulo” (também conhecido como Geraldo Chuchu) estaria ATIRANDO NO PRÓPRIO PÉ E TORNAR-SE-IA REFÉM DO NAJI NAHAS…. Não somente ele, mas todos os demais envolvidos, a contar do próprio “presidente” do TJ/SP.

    Pronto.

    Lado outro e com o devido respeito a todos quantos já aqui postaram, NÃO SE TRATA DE UMA “POSSIBILIDADE” de que venha ser instaurada uma Crise Institucional.

    Não.

    INFELIZMENTE A CRISE INSTITUCIONAL JÁ SE INSTAUROU QUANDO TODOS OS PRECEITOS CONSTITUCIONAIS aplicáveis ao caso FORAM DESOBEDECIDOS PELO NAZI-FASCISTA GOVERNADOR e seus correligionários (Juízes e Desembargadores e, evidentemente, pela “Gestapo” que é a PM de São Paulo).

    NEM SE DIGA QUE O STF, também chamado de “Guardião da Constituição” VÁ TOMAR ALGUMA PROVIDÊNCIA PARA DESFAZER esse lamentável episódio, visto que, o Sr. “presidente” do STF, CEZAR PELLUSO, é oriundo do próprio TJ/SP e, portanto (e não façamos “cara de espanto”) NÃO VAI POSICIONAR-SE CONTRA SEUS CORRELIGIONÁRIOS até porque, sabe-se lá o que ele (Pelluso) pode estar escondendo sobre aquele “bigode”, não é mesmo?

    Mas se JÁ EXISTE ESTA CRISE INSTITUCIONAL, penso eu aqui com os meus botões que É NECESSÁRIA A INTERVENÇÃO DO EXECUTIVO FEDERAL na situação.

    Evidentemente que a mída golpista do PIG, num primeiro momento, teria a vantagem pois controlaria todos os noticiários. MAS HÁ COMO REVERTER ESSA SITUAÇÃO PAGANDO NA MESMA MOEDA, ou seja, se o PIG atulhar os noticiários com notícas contrárias ao quanto determina a Carta Cidadã de 1988, TAMBÉM PODEREMOS UTILIZAR-NOS DAS CADEIAS NACIONAIS DE RÁDIO E TELEVISÃO PARA DAR A VERSÃO CORRETA DOS FATOS.

    Será que esta não seria uma “queda de braço” interessante de se fazer PARA FAZER COM QUE O “PIG” SAIBA QUE NÓS NÃO IREMOS MAIS SUPORTAR SEUS DESMANDOS????

    Lembremo-nos que a própria “globo”, quando da posse do COMPANHEIRO LULA (SAÚDE A VOCÊ, COMPANHEIRO, QUE SUA VOZ VOLTE A ECOAR NO CENÁRIO BRASILEIRO COM URGÊNCIA), cuidou imediatamente de paparicá-lo pelo MEDO – isso mesmo, MEDO – de consequências que lhe poderiam ser muito prejudiciais.

    Então, mesmo o “PIG” sabe até que ponto pode chegar e num confronto com PODERES SUPERIORES AO SEU, SABERÁ E EFETIVAMENTE COLOCARÁ A “VIOLA DENTRO DO SACO”.

    Mas isso é a minha opinião e este espaço democrático é exatamente para isso: PARA QUE OPINIÕES SEJAM PROFERIDAS E IDÉIAS APERFEIÇOADAS.

    Assim, AGRADECENDO DESDE JÁ A PACIÊNCIA dos que até aqui leram, DEIXO MINHA HUMILDE CONTRIBUIÇÃO.

    “Hay que enderecer-se pero sin perder la ternura jamás”.

  27. Refletindo sobre os comentários e o quanto postado pelo Eduardo, realmente NÃO SE PODE TRANSFERIR A RESPONSABILIDADE PARA O GOVERNO FEDERAL.

    NÃO.

    NÃO FOI ELE QUEM AUTORIZOU ESSA BARBARIDADE. Pelo contrário, O GOVERNO FEDERAL EMPENHOU-SE DURANTE TODA A SEMANA que antecedeu àqueles acontecimentos na tentativa de negociação e solução pacífica do conflito e, conforme noticiado, FORA O PRÓPRIO PREFEITO DE SÃO JOSÉ QUEM CANCELOU TODAS AS TENTATIVAS DE SOLUÇÃO PACÍFICA, até porque, se cedesse aos apelos do Governo Federal, o “Fuhrer de São Paulo” (também conhecido como Geraldo Chuchu) estaria ATIRANDO NO PRÓPRIO PÉ E TORNAR-SE-IA REFÉM DO NAJI NAHAS…. Não somente ele, mas todos os demais envolvidos, a contar do próprio “presidente” do TJ/SP.

    Pronto.

    Lado outro e com o devido respeito a todos quantos já aqui postaram, NÃO SE TRATA DE UMA “POSSIBILIDADE” de que venha ser instaurada uma Crise Institucional.

    Não.

    INFELIZMENTE A CRISE INSTITUCIONAL JÁ SE INSTAUROU QUANDO TODOS OS PRECEITOS CONSTITUCIONAIS aplicáveis ao caso FORAM DESOBEDECIDOS PELO NAZI-FASCISTA GOVERNADOR e seus correligionários (Juízes e Desembargadores e, evidentemente, pela “Gestapo” que é a PM de São Paulo).

    NEM SE DIGA QUE O STF, também chamado de “Guardião da Constituição” VÁ TOMAR ALGUMA PROVIDÊNCIA PARA DESFAZER esse lamentável episódio, visto que, o Sr. “presidente” do STF, CEZAR PELLUSO, é oriundo do próprio TJ/SP e, portanto (e não façamos “cara de espanto”) NÃO VAI POSICIONAR-SE CONTRA SEUS CORRELIGIONÁRIOS até porque, sabe-se lá o que ele (Pelluso) pode estar escondendo sobre aquele “bigode”, não é mesmo?

    Mas se JÁ EXISTE ESTA CRISE INSTITUCIONAL, penso eu aqui com os meus botões que É NECESSÁRIA A INTERVENÇÃO DO EXECUTIVO FEDERAL na situação.

    Evidentemente que a mída golpista do PIG, num primeiro momento, teria a vantagem pois controlaria todos os noticiários. MAS HÁ COMO REVERTER ESSA SITUAÇÃO PAGANDO NA MESMA MOEDA, ou seja, se o PIG atulhar os noticiários com notícas contrárias ao quanto determina a Carta Cidadã de 1988, TAMBÉM PODEREMOS UTILIZAR-NOS DAS CADEIAS NACIONAIS DE RÁDIO E TELEVISÃO PARA DAR A VERSÃO CORRETA DOS FATOS.

    Será que esta não seria uma “queda de braço” interessante de se fazer PARA FAZER COM QUE O “PIG” SAIBA QUE NÓS NÃO IREMOS MAIS SUPORTAR SEUS DESMANDOS????

    Lembremo-nos que a própria “globo”, quando da posse do COMPANHEIRO LULA (SAÚDE A VOCÊ, COMPANHEIRO, QUE SUA VOZ VOLTE A ECOAR NO CENÁRIO BRASILEIRO COM URGÊNCIA), cuidou imediatamente de paparicá-lo pelo MEDO – isso mesmo, MEDO – de consequências que lhe poderiam ser muito prejudiciais.

    Então, mesmo o “PIG” sabe até que ponto pode chegar e num confronto com PODERES SUPERIORES AO SEU, SABERÁ E EFETIVAMENTE COLOCARÁ A “VIOLA DENTRO DO SACO”.

    Mas isso é a minha opinião e este espaço democrático é exatamente para isso: PARA QUE OPINIÕES SEJAM PROFERIDAS E IDÉIAS APERFEIÇOADAS.

    Assim, AGRADECENDO DESDE JÁ A PACIÊNCIA dos que até aqui leram, DEIXO MINHA HUMILDE CONTRIBUIÇÃO.

  28. IMPEACHMENT JÁ!!!!!!!

  29. Caro Edu,desde o primeiro dia em que falaste sobre Pinheirinhos,já se vislumbrava uma tragédia anunciada.Era tanta a certeza que eu tinha,de que esse governo fascista assim agiria,que não consegui postar nada além daquele dia.Dá uma espécie de desânimo,de desespero,de impotência,que por vezes,penso que não há mais como suportar essa discrepância,essa injustiça.Alckimin é aquilo que sabemos.Um cínico,um mentiroso,um pulha sem escrúpulos,eleito por um povo que ele não respeita e tampouco zela.Alckimin,assim como a justiça paulista devem ser denunciados aos organismos internacionais.Se eu fosse Dilma,já teria intervido nesse assunto de modo enérgico, e colocaria esse representante velhaco no seu devido lugar.Não sei como isso ainda não aconteceu.UMA COISA É CERTA.Ou paramos essas atrocidades,ou corremos o risco de ver essa estupidez (e muitas outras virão,até pela certeza da impunidade),passar incólume.Sobre a mídia,não esqueçamos que o cínico governador de SP já deve ter remunerado substancialmente esse braço fascista e cúmplice.Triste papel,para quem se diz isenta.Não sei como ajudar.Sinceramente,ler sobre esses atos vergonhosos,onde o ser humano é tratado a base de gás lacrimogêneo,bombas e balas,apenas porque querem assegurar seu direito a ter um teto sobre suas cabeças,enquanto um desclassificado como Naji Nahas se beneficia de uma justiça porca,me dá uma espécie de cansaço,de revolta.Um misto de sentimentos que me angustia.ELES não contemporizam.Por que eu deveria fazê-lo?

  30. Não dá para entender. Por que esse povo do Pinheirinho não tinha se cadastrado no “Minha Casa, Minha Vida”? Estaria tudo resolvido.

  31. Insisto que essa barbárie não vai ficar impune, os eleitores vão tomar conhecimento no horário eleitoral. É sempre esse o sistema da tucanagem, há dezessete anos “governando” São Paulo na base da mentira, da enganação, da propaganda, da limpeza étnica e do PiG. Mas confio que neste ano, nas eleições municipais, a coisa vai começar a mudar.

  32. Nasci e cresci em um CDHU. Minha família teve que trabalhar e se virar enquanto aguardava sair um apartamento popular. Invasão de terras privadas simplesmente não podem ser toleradas ou então vamos logo criar um Estado Comunista e virar animal Farm!
    O que é certo é certo! Os movimentos que invadem terras não podem continuar. PSTU e os pseudo comunistas simplesmente se aproveitam do infortúnio dos outros pra ganhar dividendos eleitorais e exposição na mídia que não são compatíveis com sua importância política … isso é inadmissível!

    • Quem disse para vc que as terras do Pinheirinho são particulares?As terras do Pinheirinho são públicas e foram griladas pelo megadelinquente Naji Nahas.Vc não sabia ou esta se fazendo de desinformado,imbecil?

    • Vê se aprende uma coisa: ocupação NÃO é invasão.

      Invade-se terras produtivas e ativas. Ocupa-se terras improdutivas e paradas.

      Invade-se criminosamente o que cumpre sua função social e merece guarida pelo direito.

      Ocupa-se terras que não cumprem sua função social, e não merecem guarida pelo Direito.

      Entendeu a diferença, ou quer que desenhe?

      As terras OCUPADAS eram improdutivas. Estavam lá, esperando valorização, enquanto milhões de pessoas não tem onde viver.

      Se vc acha que o direito de propriedade dá ao proprietário o direito de manter suas terras improdutivas e estéreis, apenas para seu próprio lucro, enquanto milhões dela precisam pra sobreviverem, vc é de extrema direita e está do lado dos facistas tukkkanos.

      Se vc acha que o direito de propriedade não é absoluto, e ninguém tem o direito de manter tanta gente sem um teto apenas pra conseguir um lucro fácil, então vc é um ser humano.

      Simples assim.

  33. Mentindo ou não, Alckmin e a mídia hereditária estão dizendo o que a burguesada paulista quer ouvir: a polícia mandando ver nos pobres, a mando da “justiça”.

    • É isso mesmo, Almir. Vivo dizendo: as ações da polícia do Alckmin é puro circo pra classe média reaça de SP, aquela que tem vontade de separar SP do Brasil, aquela que morre de inveja do Eike mas que trabalha lavando o chão de banqueiro… De pão a classe média conservadora paulista não precisa, mas bem que gosta de um circo… se tiver bomba de gás lacrimogêneo e pobre preso, então…

  34. Edu, há quem sustente que os atos de vandalismo (queima de veículos) foram promovidos por soldados da PM à paisana.

  35. Aqui em São José dos Campos todos pensavam que ia ter um acordo entre o governo federal e o estadual e uma trégua de 15 dias, até o Senador Eduardo Suplicy mediou esse acordo.
    Eram 06:00 da mahã quando o helicóptero Águia da PM passou perto de onde moro, achei meio estranho um helicóptero passar nesse horário, 2 minutos depois comecei a ouvir barulhos de fogos de artifício dos moradores do Pinheirinho, era o aviso de que a PM estava cercando o acampamento.
    Na manhã de domingo foi muito difícil ter alguma informação nos sites de noticias da região, ovale.com.br e o vnews.com.br estavam sobrecarregados, tive que obter informações em portais da capital.

  36. Vamos supor,apenas supor,que a reintegração de posse tenha sido feita com base em um documento fraudado.Supondo mais uma vez que isso seja verdade,então essa reintegração de posse esta eivada de ilegalidade e por está razão,caso seja comprovado o fato,Geraldo Alckmin ao ter tomado a decisão de violentamente desocupar o local estaria incidindo em crime de responsabilidade?E uma vez comprovado o enquadramento do governador fascista em crime de responsabilidade,ele poderia sofrer impeachment?A hipotese levantada com referencia ao titulo de propriedade da area ser falso não é nenhum delirio de minha parte.É que em se tratando de um megadelinquente como Naji Nahas tudo é possivel.

  37. Por que não aplicaram no caso a desapropriação judicial?

  38. SR. GOLD MAN, me diga o que pôde ter transformado um ex-comunista, engenheiro da USP, em uma alma sem piedade, compaixão e um traço sequer de humanidade? Ou a fera já habitava silenciosamente sua alma àquela época?

  39. As armas não podia estar com balas de borracha? Mania também de querer causar estardalhaço só pra ganhar mídia. A diferença entre blogueiros e grande mídia é que um deles ganha dinheiro de verdade.

  40. E vocês do sul e sudeste ainda queriam colocar o PSDB na Presidência da República. Seria o fim do Brasil. Não que o mandato de Dilma Rousseff esteja sendo satisfatório. Mas, com certeza, está melhor do que estaria com o José Serra como presidente.

  41. PSDB na Presidência da República. Seria o fim do Brasil com certeza!!!!!!!!!

Trackbacks

  1. Alckmin e a mídia mentem sem parar sobre o Pinheirinho « Blog do EASON
  2. Pacífico | PIG
  3. Brasil: “Massacre do Pinheirinho” Causa Revolta e Comoção no País · Global Voices em Português
  4. Alckmin e a mídia mentem sem parar | Viva Marabá Carajás Brasil
  5. Suporte - Tirinhas sobre a vida dos profissionais de TI
  6. Brazil: “Massacre of Pinheirinho” Causes an Uproar · Global Voices
  7. Brazil: “Massacre of Pinheirinho” Causes an Uproar :: Elites TV
  8. Brazil: “Massacre of Pinheirinho” Causes an Uproar | Sao-Paulo news
  9. Alckmin e a mídia mentem sem parar sobre o Pinheirinho | Blog da … | Mídia Global
  10. Alckmin e a mídia mentem sem parar sobre o Pinheirinho | Blog da … « Media Brasil
  11. Alckmin e a mídia mentem sem parar sobre o Pinheirinho | Blog da … « Media Brasil
  12. Alckmin e a mídia mentem sem parar sobre o Pinheirinho | Blog da … « Media Brasil

Leave a Response

Please note: comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.